Fechar

COLUNISTAS

Escolas municipais, eleição e controvérsias

Player

Publicado por Zona Livre, 18:00 - 31 de Outubro de 2019

31 de outubro, quinta-feira. Faltam 61 dias para o fim do ano.


Outubro termina hoje.


Dia da Reforma Protestante no Brasil e na Alemanha. A reforma foi um movimento de protesto liderado por Martinho Lutero, balizado pela publicação das suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517. As teses foram fixadas na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg. O ponto de partida foi a crítica às vendas de indulgências.
A reforma proposta por Lutero tornou-se conhecida como um protesto contra os abusos do clero, defendendo mudanças no catolicismo e em diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana. Lutero entendia suas ideias como um retorno às escrituras sagradas.


Dia Mundial da Poupança. O Dia Mundial da Poupança foi criado pelo Instituto Mundial de Bancos de Poupança, em 1925, na Itália. Ficou instituído que o dia 31 de outubro seria destinado à tentativa de conscientizar a população mundial sobre os benefícios da poupança e as consequências negativas que a falta de planejamento financeiro pode acarretar para a vida familiar.
No Brasil, a data começou a ser lembrada a partir de 1933.


- ELEIÇÃO PARA DIRETORAS DE ESCOLAS
- CONTROVÉRSIAS
- DIA 10 DE DEZEMBRO
- OBRAS ATRASADAS, PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS
- CIDADE SUJA
- PARCERIA COM O SETOR PRODUTIVO
- BOM MOMENTO DO PARANÁ
- MAIS DO QUE O DOBRO DE INVESTIMENTOS
- PÉ NA ESTRADA EM MARIALVA, DIA 31 DE OUTUBRO
- PROCESSO SELETIVO DO NOVO PARA PREFEITO TERMINA HOJE


ELEIÇÃO PARA DIRETORAS DE ESCOLAS
No dia 10 de dezembro pais e servidores das escolas poderão votar para eleger as diretoras de escolas e centros de educação infantil.
São 152 candidatos para 114 unidades escolares. Um CMEI não tem candidata.
Chama a atenção é que nos 63 CMEIs, há mais de um candidato em apenas 22 escolas, ou seja, 35% dos CMEIs.
Nas 52 escolas municipais, há mais de uma candidata em apenas 9 escolas, ou seja 17%.
Nas demais 82 unidades escolares há apenas uma candidata. Em uma, não há candidato inscrito.
Entre os 152 candidatos, há apenas um homem (se o nome não foi digitado errado). Justamente na escola que tem mais concorrência: cinco candidatos se estão inscritos na Escola Municipal José Aniceto.


CONTROVÉRSIAS
A eleição para diretoras de escolas é uma promessa de campanha do prefeito de Maringá. Cumprida no final de 2017, para mandatos de dois anos, e agora, no final de 2019.
Recebi uma informação de que em muitas escolas as diretoras eleitas, em 2017, não estão concluindo o mandato, por diversas razões. Nestes casos, o prefeito fez as nomeações das substitutas.
Outro ponto que chama a atenção é o fato de que haverá opção de escolha em apenas 27% das escolas.
Para muitos, as direções das escolas do município deveriam ser escolhidas pela Secretaria de Educação, a partir de critérios técnicos, com nomeação pelo prefeito. Isto poderia oferecer mais eficiência e mais afinidade entre as direções e o projeto pedagógico da Secretaria de Educação.
Há, por outro lado, quem defenda que o voto sempre é a melhor solução. O que pensam os ouvintes? O que seria melhor para as nossas escolas?


DIA 10 DE DEZEMBRO
Com poucas opções de escolha, com controvérsias ou não, dia 10 de dezembro pais (um voto por família), professoras e servidoras, incluindo os poucos homens da equipe, terão o direto de votar para escolher as diretoras das escolas – e quem sabe um diretor.


OBRAS ATRASADAS, PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS
Crescem as cobranças pelo descumprimento de prazos e atrasos em obras do município.
Esta semana, Maria Clara Félix entrou na Câmara Municipal, com cartaz em que denunciava o gasto da Prefeitura com CCs (segundo ela muito elevado), reformas de praças e Natal Encantado enquanto os recursos (segundo ela) deveriam ser aplicados em construções e ampliações de creches (para cumprir a promessa de acabas com a falta de vagas para as crianças), mamografias (de 5 mil prometidas teriam sido feitas só 250), demora em consultas e exames especializados e a falta de cortes de árvores secas, que caem sobre casas e carros.
No grupo de comerciantes nas imediações do Terminal Intermodal, o interminável, foi publicado vídeo de Rafael Roza, gravado dentro do terminal. É possível perceber como ainda tem muita coisa para fazer na obra.
Ele enumera as datas prometidas, inclusive com gravações do próprio prefeito fazendo as afirmações. Junho, agosto, setembro, final de novembro. E relembra, o que já informamos aqui, há algum tempo, que no Portal da Transparência a data prevista é fevereiro de 2020.
Roza também cobra os atrasos nas obras do contorno sul, o não cumprimento da promessa de construir creches, a falta de manutenção em canteiros, onde cresce muito mato. Ele afirma que “é um absurdo a quantidade de recursos públicos gastos em Maringá com aquilo que não é importante para o maringaense”.


CIDADE SUJA
Infelizmente a cidade não está limpa. Parte do lixo e dos problemas não depende da Prefeitura, é verdade e precisa ser dito. Pessoas que jogam garrafas, embalagens, lixo, nas ruas, calçadas, canteiros e praças.
Mas o mato cresce em grande número de canteiros, praças. O esquema de limpeza pública e de manutenção das áreas públicas da cidade é muito deficiente.
E olha que esse ano não tem nem a desculpa das chuvas.
No momento em que a cidade se prepara para o seu maior evento do ano, o Natal Encantado, é fácil perceber que além da decoração há muito a fazer, no centro e nos bairros, para que Maringá tenha, de fato, um natal encantado.


PARCERIA COM O SETOR PRODUTIVO
Na posse do maringaense Carlos Valter na presidência da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), o governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou que pretende trabalhar de maneira conjunta com o setor produtivo para gerar emprego e renda, fomentando o desenvolvimento em todas as regiões do Paraná.
Ratinho Junior lembrou que o Governo do Estado mantém com a federação um protocolo de intenções para alinhar ações conjuntas que visam o desenvolvimento regional. A intenção é que a Fiep trabalhe de forma integrada com a Invest Paraná, agência responsável pela prospecção de novos negócios para o Estado, o elo direto do Governo com o setor.
O governador disso que é preciso facilitar a vida de quem produz. O empresário quer trabalhar, gerar emprego, pagar seu imposto e ganhar seu dinheiro. Não quer ser incomodado pelo Estado.


BOM MOMENTO
Carlos Valter, presidente empossado da FIEP, disse que o Paraná vive um bom momento, caminhando na contramão de outras regiões do País. Ele afirmou que o Paraná é um estado privilegiado, com uma indústria diversificada e forte.
O presidente da FIEP citou ainda os dados recentemente divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que atestou o Paraná como o estado com maior índice de crescimento na produção industrial do País nos primeiros oito meses do ano. O acumulado no período foi de 6,5%, à frente dos 15 locais pesquisados – entre os quais nove tiveram variação negativa – e do índice nacional, que apresentou queda de 1,7% no acumulado de 2019.


MAIS DO QUE O DOBRO DE INVESTIMENTOS
O governador Ratinho Junior também confirmou que será possível fazer, em 2019, mais do que o sobro dos investimentos previstos. Uma confirmação de que o Paraná é um estado equilibrado, dono da melhor situação econômica e financeira dentre os demais estados brasileiros.


PÉ NA ESTRADA TERÁ EVENTO EM MARIALVA, DIA 31 DE OUTUBRO (HOJE)
Nesta quinta-feira, 31 de outubro, às 18 horas, na Câmara Municipal de Marialva, acontecerá reunião do Projeto Pé na Estrada, do Cidadania23, com a presença do deputado federal Rubens Bueno.


PROCESSO SELETIVO DO NOVO PARA PREFEITO TERMINA EM 31 DE OUTUBRO
De Tiago Martines recebo a informação de que o processo seletivo para escolha do candidato a prefeito está terminando nesta quinta-feira, 31 de outubro. A inscrição pode ser feita no site do NOVO.
O prazo para se inscrever para o processo seletivo de vereador termina em 8 de janeiro. Acesso no site.
Maringá é um dos três municípios do interior do Paraná que terão candidato a prefeito. A escolha dos candidatos será feita por meio desta seleção.
o Paraná o NOVO terá candidatos a prefeito em Maringá, Londrina e Cascavel, no interior, e na capital Curitiba. Ainda poderão ter candidatos pelo NOVO as cidades de Foz do Iguaçu e São José dos Pinhais.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo