Fechar

Futebol

Futebol

Do noroeste paranaense, Thaísa é a primeira brasileira no Real Madrid

Publicado por Chrystian Iglecias, 13:40 - 26 de Julho de 2019

Bloco de Imagem

Thaísa comemora gol ao lado de Marta na Copa do Mundo feminina. Foto: Reprodução/Instagram

Pela primeira vez na história, o clube mais vencedor e mais badalado de todos os tempos do futebol mundial terá um time feminino. Em meio à Copa do Mundo da França, no mês passado, o Real Madrid anunciou a fusão com o Club Deportivo Tacón, da primeira divisão do futebol feminino espanhol.


E no início da tarde desta sexta-feira (26) o “novo Real Madrid” anunciou oficialmente a contratação da meio-campista Thaísa Moreno, que disputou a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Ela é natural de Xambrê, região metropolitana de Umuarama. A jogadora estava atuando pelo Milan, da Itália, outro gigante do futebol europeu.


No Twitter, o CD Tacón deu as boas-vindas à paranaense através de um breve vídeo. Nesta primeira temporada, o time mandará suas partidas na Ciudad Real Madrid, complexo de treinamentos dos Blancos em Chamartín, nos arredores da capital espanhola. Por enquanto, o nome e os uniformes ainda não mudam – a transformação de fato para Real Madrid/Tacón está prevista para a temporada 2020/2021.


Thaísa iniciou sua carreira profissional nos Estados Unidos, jogando pelo FIU Golden Panthers (Panteras Douradas, em português). Só em 2011 é que ela foi vestir pela primeira vez a camisa de um clube brasileiro: a do Foz Cataratas, equipe que defendeu por apenas uma temporada antes de se transferir para a Ferroviária-SP.


Nas redes sociais, Thaísa publicou um vídeo de despedida do Milan

Após passagem pelo Centro Olímpico-SP, a meio-campista foi companheira de Marta no Tyresö, da Suécia, voltando á Ferroviária neste mesmo ano. Ela passou ainda pelo América-MG, antes de vestir uma das camisas mais pesadas do futebol brasileiro. Em 2016, Thaísa foi jogar pelo Corinthians.


De 2016 pra cá, a paranaense defendeu, além do Timão, as equipes do Osasco Audax, 3B da Amazônia, Grindavík (Islândia), Sky Blue FC (EUA), Milan e agora Real Madrid/Tacón.


Vale lembrar que a jogadora passou pelas categorias de base do Maringá Seleto na última década. Os principais títulos de sua carreira são a Copa América (2x) pela Seleção Brasileira, e o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil pela Ferroviária (2014).


O presidente do Real Madrid, Florentino Perez, tem o objetivo de formar uma equipe capaz de bater de frente com Barcelona e Atlético de Madrid, principais potências do futebol feminino espanhol. Para isso, de acordo com o jornal madrilenho “As”, o mandatário ainda mira as contratações da brasileira Marta, da espanhola Verónica Boquete, da norueguesa Ada Hegerberg (vencedora da última Bola de Ouro) e da americana Sam Kerr, um dos grandes nomes da liga norte-americana e da seleção estadunidense tetracampeã mundial.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo