Fechar

Futebol

Iniciativa

Maringá FC abre as portas para crianças de escolas municipais

Publicado por Chrystian Iglecias, 15:20 - 05 de Junho de 2019

Em um intervalo de sete dias, o Maringá Futebol Clube recebeu, nas instalações do Centro de Treinamento do clube, as visitas de duas escolas municipais, sendo uma de Maringá, e outra de Sarandi. A ação faz parte de um planejamento estratégico do clube a longo prazo, que vem sendo traçado desde que a nova gestão assumiu o time da Cidade Canção, em 2016.


Na última quarta-feira (29), as crianças da Escola Municipal São Francisco de Assis, de Sarandi, foram as primeiras a visitarem o MFC. Além de conhecer os jogadores, os pequenos puderam conferir toda a instalação do CT e até bateram uma bolinha no campo. Já nesta terça-feira (4), foi a vez das crianças da Escola Novo Horizonte, de Maringá, terem este contato mais íntimo com o dia-a-dia do clube. 


E na tarde desta quarta-feira (5), o diretor admnistrativo financeiro do Maringá FC, Clério Dallazen Júnior, bateu um papo com o portal GMC Online e explicou detalhes da iniciativa. Ele citou o fato de que, em 2018, o time jogou em Maringá apenas dez vezes, o que dificulta o crescimento da identificação do clube com a cidade e a torcida. 



"Durante os doze meses de um ano, disputar 10 jogos em casa é muito pouco pra você conseguir cativar o torcedor, pra você conseguir despertar a paixão de um torcedor. Então, é justamente nisso que nós traçamos este planejamento estratégico, que é aumentar os pontos de contato entre o torcedor maringaense e o clube. Uma dessas ações é trazer as pessoas pra conhecer os bastidores do Maringá FC, pra conhecer o dia-a-dia do clube. O MFC não é somente os 90 minutos em dia de jogo lá no Willie Davids", afirmou Dallazen.



 


 

Bloco de Imagem

Crianças brincam com os jogadores no campo do CT do Maringá. Foto: Giovanni Meireles

De acordo com Clério Júnior, a opção por iniciar a ação com os torcedores mirins tem por objetivo encantar estas crianças, que ainda possuem uma grande fantasia com relação ao que é o jogador de futebol. "Aproximar esse pequeno torcedor dos jogadores é algo que não tem preço. Só pra você ter uma ideia, numa das visitas que tivemos aqui, um menininho, ao entrar no campo de treino, me olhou e falou assim: 'Cara, eu tô entrando num campo de um time profissional. Tô emocionado, tô até chorando'. Isso foi muito gratificante de se ouvir", disse.


Por ser um clube novo, de apenas nove anos de história, o Maringá FC ainda vive o paradigma de ser um time de "torcida mista". Isto é: seus torcedores também torcem por outro clube, majoritariamente do eixo Rio-São Paulo. Recentemente, o MFC realizou um estudo, traçando um perfil do torcedor maringaense. O resultado foi que a massacrante maioria da torcida maringaense que vai ao estádio, também torce para clubes de outros locais.



A ação que se iniciou no último dia 29 pode ser um bom começo para que, no futuro, o Maringá FC seja o primeiro time no coração dos maringaenses. "Acreditamos que esta vai ser a nossa torcida do futuro. Estas crianças ainda não foram 'contaminadas' com a torcida por times da capital, de São Paulo, do Rio de Janeiro ou do Rio Grande do Sul. Então, é uma forma da gente dar oportunidade pra esse torcedor, pra essa criança que está começando agora essa fase dela de conhecer futebol, de entender um pouco mais, de ter mais contato com o futebol, é dar a chance pra essa criança se apaixonar pelo time da cidade", afirmou Clério Júnior.



O lado social da iniciativa também é bastante valorizado pelo Maringá FC, que desde o início dos trabalhos da nova gestão, tem como pilar o trabalho social. "Nós precisamos devolver pra cidade de Maringá o apoio que a gente recebe, nos estádios, nas conversas, na torcida. Ações sociais como esta permitem muita coisa. Independente da criança ser de uma escola carente ou de um outro nível escolar, você receber essas crianças aqui, você está dando condição dela conhecer uma realidade que pode ser o futuro dela", afirmou Clério Dallazen Júnior.


O Maringá FC dará continuidade à ação e outras escolas também poderão visitar as instalações do clube, que está definindo como serão realizadas as próximas visitas. 


 

Bloco de Galeria
Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo