Futebol

Série D

Pela classificação, Maringá FC enfrenta o Avenida no RS

Publicado por Chrystian Iglecias, 10:00 - 09 de Junho de 2019

O Maringá FC entra em campo neste domingo (9) em busca de confirmar a classificação para o mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. Em Santa Cruz do Sul (RS), o Tricolor da Cidade Canção mede forças com o Avenida, às 18h, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da quarta divisão nacional. Uma vitória garante o Maringá na próxima fase, sendo que em caso de empate o time maringaense dependerá de outros resultados para passar de fase. A derrota automaticamente elimina o time maringaense da competição.


Após vencer a Ferroviária, fora de casa, e o Joinville, no WD, o Maringá FC recuperou a confiança e a autoestima. A troca de técnico surtiu efeito, e a equipe chega dependendo apenas de si mesma para se garantir nos 16 avos de final. Para a partida deste domingo, porém, Jorge Martinez terá problemas para escalar a equipe. 


Apesar da volta de Léo Bartholo, o comandante uruguaio perdeu o lateral-esquerdo Willian Simões, peça-chave da equipe, que se transferiu para o Náutico e vai disputar a Série C. O volante Jean Neves, que vem sendo o capitão do time na Série D, também será baixa. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Joinville e está fora da "terceira final" do Maringá na competição. Para piorar, o meia Rogerinho e o atacante Romarinho são dúvidas para enfrentar o Avenida. Alex Fraga, que ainda não atuou na Série D, segue em recuperação de uma lesão no púbis.


“Essa semana tivemos alguns problemas para poder montar a equipe, mas isso faz parte do futebol e temos que estar preparados. Eu ainda aguardo o departamento médico me posicionar sobre o Rogerinho e o Romarinho, que são peças importantes para o time e vamos aguardar até o último minuto para poder contar com eles. Caso não possam jogar, com certeza os atletas que entrarem ou que estiverem à disposição estarão focados e preparados para mais essa final”, explicou Jorge Martinez.


Uma provável escalação do Maringá FC para a partida deste domingo é formada por: André Ferlini; João Carlos, Marcelo Xavier, Marcos Arthur e Willian Machado (Júnior Prego); Léo Bartholo (Romeu ou Nem), Tiago Ott e Rogerinho (Everton Charal); Welton Paraguá, André Mensalão e Matheus Rodrigues.


A partida entre Avenida e Maringá terá transmissão ao vivo do canal oficial do time gaúcho na plataforma de streaming Mycujoo. Para assistir à partida, basta clicar no LINK quando a bola rolar.


 

Bloco de Imagem

O centroavante Matheus Rodrigues é a maior esperança de gols do Maringá. Foto: Giovanni Meireles

Fazendo as contas


A primeira fase da Série D é composta por 68 equipes, que estão divididas em 17 grupos. Classificam-se para os 16 avos de final, as 32 melhores equipes da fase de grupos. Ou seja: todos os primeiros colocados e os 15 melhores segundos. Neste momento, o Maringá FC é o 13º melhor segundo colocado, com 8 pontos e uma campanha de duas vitórias, dois empates e uma derrota. Para se classificar, o time da Cidade Canção precisa ficar na frente de pelo menos dois dos quatro vice-líderes de grupo com campanhas inferiores até agora.


Estas quatro equipes são: Bragantino do Pará (6 pontos), Central-PE (6 pontos), Corumbaense-MS (7 pontos) e Atlético Patrocinense-MG (7 pontos). A vitória, obviamente, garante o Maringá FC na frente das quatro equipes. O problema é o empate. Explico: o Bragantino-PA e o Central-PE, em caso de vitória na última rodada, farão os mesmos 9 pontos que o Maringá fará em caso de empate diante do Avenida. O problema é que ambos chegarão ao seu terceiro triunfo na competição, ultrapassando o MFC no primeiro critério de desempate, que é justamente o número de vitórias. Já o Corumbaense e o Atlético Patrocinense, em caso de vitória, vão a 10 pontos e também terminariam à frente do MFC.


E tem mais: nos grupos de Bragantino-PA, Central-PE, Corumbaense-MS e Atlético Patrocinense-MG, todos os terceiros colocados também poderão terminar na frente do MFC em caso de empate contra o Avenida. O Floresta-CE, que tem seis pontos, uma vitória e um gol de saldo, precisa vencer e torcer por tropeço do Bragantino-PA. Ambas as equipes estão empatadas com seis pontos, porém o Bragantino tem uma vitória a mais; O Altos-PI (6 pontos, 2 vitórias e -4 gols de saldo), precisa dos 3 pontos, além de empate ou derrota do Central-PE; O Sinop-MT (6 pontos, 1 vitória e -2 de saldo), precisa vencer e torcer por tropeço do Corumbaense, além de tirar a diferença de saldo para o Maringá; e o União de Rondonópolis (7 pontos) pode se classificar até mesmo em caso de vitória do Atlético Patrocinense, desde vença por três gols de diferença em relação à eventual vitória do time mineiro.


Anotou aí, MFC?


Jogos em que o Maringá terá que ligar o secador em caso de empate no RS:


Grupo A4


Bragantino-PA (2º) x River Plate-PI (1º)
Floresta-CE (3º)x Santa Cruz-RN (4º)


Grupo A5


Central-PE (2º) x Atlético Cearense (1º)
Altos-PI (3º) x Maranhão-MA (4º)


Grupo A10


Palmas Ltda-TO (4º) x Corumbaense-MS (2º)
Sinop-MT (3º) x Iporá-GO (1º)


Grupo A11


Anapolina-GO (1º) x União de Rondonópolis-MT (3º)
Operário-MS (4º) x Atlético Patrocinense-MG (2º)


Todas as partidas da rodada serão realizadas às 18h de Domingo.


 

Bloco de Imagem

O volante Léo Bartholo está recuperado de lesão. Foto: Giovanni Meireles

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo