Fechar

Futebol

Copa América

Taffarel vê Alisson na frente na disputa entre goleiros da seleção

Publicado por Folhapress, 16:16 - 30 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Instagram

Treinador de goleiros da seleção brasileira, Taffarel deu entrevista coletiva nesta quinta-feira (30) na Granja Comary, onde os convocados de Tite se preparam para a Copa América. Durante a conversa com jornalistas, o ex-goleiro afirmou que vê Alisson na frente na briga pela titularidade da seleção, embora não considere isso definitivo. O principal concorrente é Ederson. Cássio é a terceira opção.


"Acho que o que faz a diferença é a sequência. Isso daí pesa um pouco mais, mas não vai ser definitivo. O Ederson cresceu muito na seleção brasileira. Lembro muito bem das primeiras convocações, um pouco introvertido, fechado. Já vejo outro tipo de jogador, outra personalidade. Ele vai jogar o amistoso agora (dia 5, em Brasília, diante do Qatar), está tendo o espaço dele".


Segundo o preparador de goleiros do Brasil, Ederson chegou um pouco mais desgastado à seleção, por ter atuado em muitas partidas com a camisa do Manchester City na temporada.


"O Ederson chegou um pouco mais cansado. O segundo goleiro do City, Claudio Bravo, se machucou, o Ederson jogou muito e treinou menos. Ele fez uma rotina de treinos, fizemos um trabalho muito forte. Está treinando e está fazendo muito bem. Depois, na chegada do Alisson a gente vai seguir o mesmo trabalho. Temos feito uma programação boa. O pessoal vem de uma temporada pesada, mas a gente precisa treinar para preparar para a Copa América. Temos que estudar muito bem".


Taffarel também falou sobre a opção por Cássio, do Corinthians, para a vaga de terceiro goleiro, fazendo elogios ao corintiano, e explicando que a escolha foi feita em conjunto com a comissão técnica, pesando a favor do goleiro a experiência na Copa de 2018.


"O que pesou mais a favor do Cássio foi o retrospecto de já ter ido para a Copa do Mundo. A gente seguiu essa linha de ir com os que já estavam incorporados no esquema de trabalho. O Cássio tem seu valor, é brincadeira, é unanimidade no Brasil. Todo mundo reconhece o trabalho dele. A escolha foi de todos nós".


Alisson se apresenta à seleção brasileira após a final da Liga dos Campeões, que será no sábado. Cássio só se apresentará no próximo dia 5 de junho. O Brasil fará amistosos diante do Qatar, dia 5, em Brasília, e de Honduras, no dia 9, em Porto Alegre, antes de estrear na Copa América no dia 14 de junho, no Morumbi, diante da Bolívia.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo