Fechar

+ Esportes

Tênis

Nadal vence clássico contra Federer e vai à 12ª final em Roland Garros

Publicado por Folhapress, 16:46 - 07 de Junho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Instagram

Rafael Nadal está na final de Roland Garros pela 12ª vez na carreira. Nesta sexta-feira (7), o tenista espanhol se classificou ao vencer clássico contra o suíço Roger Federer por 3 sets a 0, com parciais de 6-3, 6-4 e 6-2.


Essa foi a sexta vitória de Nadal em seis duelos contra Federer no Grand Slam Francês. Agora, o espanhol vai atrás de seu 12º troféu no torneio diante do ganhador da outra semifinal, entre Novak Djokovic e Dominic Thiem.


O triunfo desta sexta também acaba com um jejum de Nadal diante de seu maior rival. O espanhol não batia Federer desde o Aberto da Austrália de 2014. De lá para cá, foram cinco vitórias do suíço e um W.O. do espanhol.


No placar geral, porém, o domínio de Nadal é maior. Em 39 confrontos diretos, venceu 24.


Em um duelo marcado por forte vento na quadra central do complexo de Roland Garros, Nadal começou o jogo na frente com uma quebra de saque no segundo game. Levou o troco no quinto game, mas voltou a romper o serviço do suíço, fechando a parcial em 6-3.


Na segunda série, foi a vez de Federer sair na frente e abrir vantagem de 2-0. Em seguida, permitiu a reação de Nadal, que voltou a quebrar o saque do suíço no nono game, fazendo 6-4 em seguida. O terceiro set teve menos emoção. Com duas quebras, Nadal abriu vantagem de 5-1 e só precisou manter o ritmo para fechar a partida em 6-2.


A edição de 2019 marcou a volta de Federer a Roland Garros. Ele havia ficado fora do torneio de 2016 a 2018. Ele não chegava à semifinal do Grand Slam francês desde 2012, quando caiu diante de Novak Djokovic.


Do outro lado, a vitória garante a Nadal a permanência como vice-líder do ranking mundial.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo