Volei

No Chico Neto

Em casa, Copel Telecom recebe o Sesc-RJ na estreia da Superliga

Publicado por Redação GMC, 16:07 - 26 de outubro de 2018

Bloco de Imagem

Para o técnico Alessandro Fadul, o Campeonato Paranaense foi fundamental para a preparação para a Superliga. Foto: Divulgação

O Copel Telecom Maringá Vôlei vai fazer a estreia na Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/19 diante do Sesc-RJ, neste sábado (27), às 18 horas, no Ginásio Chico Neto, em Maringá. A equipe, que foi vice-campeã no Paranaense, treina forte para disputar a principal competição de vôlei do Brasil. A grande festa de estreia será a partir das 16 horas, com participação da Banda Dim Maia e da Bateria Galo Terror.


O time maringaense terá uma sequência difícil no início da Superliga. Depois do Sesc-RJ, a equipe vai São Paulo para enfrentar o Sesi-SP, vice-campeão na temporada passada. Na sequência, em Contagem (MG), joga contra o Sada Cruzeiro, hexacampeão da Superliga.


Jogador mais experiente do elenco, o líbero Mário Júnior, que vai fazer a sua 19ª participação na Superliga, diz que a equipe maringaense está preparada essa sequência complicada. “Os três primeiros jogos são muito difíceis, contra equipes já consagradas e experientes. Mas acredito que vamos fazer bons jogos”, comentou ele, que foi campeão pela seleção brasileira na Liga Mundial em 2009 e 2010 e no Campeonato Mundial de 2010.


Segundo o técnico Alessandro Fadul, iniciar com confrontos difíceis não é mau negócio porque vai fazer com que a equipe jogue no seu melhor nível. “Isso nos dará condições de atuar e brigar mais forte na sequência da competição. São jogos, sem dúvida alguma, que servirão para elevar nossa performance”.


Fadul afirma que o Campeonato Paranaense foi fundamental para a preparação para a Superliga. “Foi bem importante para a formação do grupo e preparação do elenco para a Superliga, que é o nosso principal objetivo e o nível de exigência é muito maior”, disse.


O elenco


A equipe do Copel Telecom Maringá Vôlei foi quase totalmente remodelada para a temporada 2018/2019. Apenas três dos 14 atletas que formam o elenco são remanescentes da temporada 2017/2018, quando o time acabou rebaixado.


Presidente do time, Ricardinho, medalhista olímpico e bicampeão mundial, anunciou recentemente o afastamento das quadras, mas permanece como consultor técnico da equipe e à frente do projeto social Núcleo Vôlei Ricardinho.


O papel de substituir o Ricardinho como levantador é de Rodrigo Ribeiro, que estava atuando pelo Corinthians Guarulhos, e de Ítalo Barbosa, que jogava no Vôlei UM Itapetininga.


Times na Superliga 2018/19


Copel Telecom Maringá Vôlei, Sada Cruzeiro (MG), Sesi-SP, Sesc-RJ, EMS Taubaté Funvic (SP), Fiat/Minas (MG), São Judas Voleibol (SP), Vôlei Renata (SP), Corinthians Guarulhos (SP), Ponta Grossa Caramuru Vôlei (PR), São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP).



Primeiros jogos do Copel Telecom Maringá Vôlei


27/10 – Copel Telecom Maringá Vôlei x Sesc-RJ – em Maringá (18h)
1/11 - Sesi-SP X Copel Telecom Maringá Vôlei – em São Paulo (20h)
9/11 - Sada Cruzeiro X Copel Telecom Maringá Vôlei – em Contagem (19h)
17/11 - São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão X Copel Telecom Maringá Vôlei – em Ribeirão Preto (17h)
21/11 - Copel Telecom Maringá Vôlei x Vôlei UM Itapetininga – em Maringá (19h)
24/11 - Copel Telecom Maringá Vôlei x Caramuru Vôlei – em Maringá (18h)



Confira a tabela completa dos jogos da Superliga Cimed 2018/2019 no link http://superliga.cbv.com.br/tabela-jogos/Masculino.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo