Fechar

Volei

Superliga

Maringá Vôlei joga pela última vez no Chico Neto antes dos playoffs

Publicado por Chrystian Iglecias, 13:09 - 28 de Fevereiro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: João Paulo Santos/Resenha Comunicação

Já classificado para os playoffs, o Copel Telecom Maringá Vôlei entra em quadra nesta quinta-feira (28) pela última vez em casa antes das quartas de final da Superliga. Buscando uma melhor colocação na tabela, a equipe maringaense enfrenta o São Judas Voleibol, de São Bernardo do Campo (SP), no Ginásio Chico Neto. A partida está marcada para as 19h e será transmitida pelo globoesporte.com.


Ao contrário do Maringá Vôlei, que faz boa campanha, a equipe de São Bernardo já está matematicamente rebaixada para a Superliga B. O São Judas venceu apenas um de 19 jogos disputados até o momento. Foi no dia 3 de Novembro do ano passado, quando venceram o Vôlei Um Itapetininga por 3 sets a 2, fora de casa. O Copel Telecom, por sua vez, vem de uma campanha de nove vitórias e dez derrotas em 19 jogos. Para efeito de comparação, o Maringá Vôlei disputou 69 sets na Superliga, vencendo 34 e perdendo 35. Já o São Judas disputou 70 sets, perdendo 56 e vencendo apenas 14.


O técnico Alessandro Fadul falou sobre a partida e alertou: o Maringá Vôlei não pode entrar de ''salto alto''.


''Será uma partida difícil, não podemos criar a armadilha de achar que vai ser jogo fácil. Um adversário que já não tem mais nada a perder, que joga sem qualquer responsabilidade, pode se tornar perigoso caso a gente não entre em quadra para imprimir um ritmo forte e pressioná-los do início ao fim da partida. Esperamos contar com o nosso torcedor, já que é a última rodada da fase de classificação que a gente joga dentro de casa. Que seja um aquecimento para os playoffs. Faltam três rodadas, e esperamos nos playoffs contar com o torcedor nos apoiando como sempre e nos empurrando'', disse.


Na sétima colocação, o Copel Telecom ainda possui chances matemáticas, ainda que remotas, de alcançar a quarta colocação. Com 29 pontos, a equipe comandada por Alessandro Fadul está atrás de Fiat/Mias (30), Vôlei Renata/Campinas (30) e Sesc-RJ (36). Os três primeiros colocados, Sada Cruzeiro, Sesi e Taubaté, já não podem mais ser alcançado pelos maringaenses. Nas quartas de final, o 1º colocado enfrenta o 8º, o 2º enfrenta o 7º, o 3º enfrenta o 6º e o 4º enfrenta o 5º. Os quatro primeiros colocados na fase de classificação possuirão vantagem de disputar dois jogos em casa na melhor de três (se necessário).


Na última partida entre as duas equipes, o Maringá Vôlei venceu por 3 sets a 0. Foi na 9ª rodada do primeiro turno, no Ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo. Para vencer novamente, a equipe da Cidade Canção conta com a boa fase do ponteiro Hugo, eleito o melhor em quadra nas duas últimas partidas em casa, diante de Ribeirão e Corinthians.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo