Fechar

Volei

Vôlei de Praia

Robson Xavier e Lanci batem no peito: 'Maringá é a maior potência'

Publicado por Chrystian Iglecias, 18:15 - 05 de Setembro de 2019

Bloco de Imagem

Lanci (dir.) foi campeão mundial sub-21 no ano passado. Foto: Arquivo Pessoal

O vôlei de praia de Maringá vem crescendo de maneira avassaladora nos últimos anos. Encabeçada por atletas como Arthur Lanci e Adrielson Silva, o time da Associação Maringaense de Võlei de Praia (AMVP), comandado pelo experiente Robson Xavier, ganhou um grande destaque no Circuito Brasileiro e por pouco ainda não trouxe um título nacional para a Cidade Canção.


Na última temporada, que culminou com uma dobradinha no pódio do SuperPraia, em Brasília, Adrielson e Arthur Lanci foram 2º e 3º colocados no circuito, jogando ao lado de Eduardo Davi (ex-AMVP)  e Hevaldo (CE), respectivamente. Com títulos mundiais nas categorias de base e excelentes resultados no Brasileiro Open, a AMVP se tornou uma das principais potências do esporte em todo o território nacional. "Uma das"? Para Xavier e Lanci, não. 



"Eu colocaria a AMVP em primeiro lugar entre as potências do vôlei de praia brasileiro, com certeza. A questão da estrutura, o que a gente tem de suporte por trás faz toda a diferença. Em outros lugares, como em Fortaleza, por exemplo, o atleta tem que pagar para ir disputar os campeonatos. Aqui, a gente só se preocupa em jogar, e isso as vezes faz toda a diferença no jogo", afirmou Lanci.



Robson Xavier foi na mesma linha do "pupilo" e chamou a atenção para a parte da estrutura que Maringá tem para oferecer aos atletas da modalidade, além da força da AMVP com relação a patrocínios de empresas - algo que a maioria dos esportes da cidade não têm. 

Bloco de Imagem

Robson e Arthur visitaram as dependências do Grupo Maringá de Comunicação. Foto: Fábio Castaldelli/GMC Online

"A estrutura passa tranquilidade para os atletas. Com toda uma logística definida, eles ganham mais segurança, e isso com certeza reflete dentro da quadra. Isso dá mais motivação para eles buscarem até mesmo as conquistas pessoas e individuais pra eles. Os maiores beneficiados por essa excelente estrutura que a cidade tem são os atletas. Além dos atletas de elite, os de base também usufruem destas ótimas condições de trabalho", analisou Robson Xavier.


Campeão mundial sub-19 e sub-21, Arthur Lanci é o atleta de maior status da Associação Maringaense. Com um currículo invejável, ele desponta aos 23 anos como grande postulante o principal nome do vôlei de praia nacional a médio prazo. Agora fazendo dupla com Saymon, sul-mato-grossense que chegou para reforçar o time de Maringá, ele sonha em ser campeão do Circuito Brasileiro Open.



"Claro que temos este sonho, é o objetivo de qualquer jogador de praia brasileiro. Temos sim todas as condições de trazer este título para Maringá nos próximos anos", afirmou o jovem, mostrando personalidade forte.



Os planos da AMVP são realmente gigantes. Com o estrelato que a equipe ganhou dentro do circuito brasileiro, uma participação nos Jogos Olímpicos de Paris - 2024. Dentro dos bastidores, a Associação enxerga grandes chances deste sonho ser realizado.


Confira parte da entrevista que a reportagem preparou com Robson Xavier e Arthur Lanci

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo