Fechar

Entretenimento

Santo casamenteiro

Em Maringá, fiéis fazem fila para bolo de Santo Antônio

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 11:54 - 16 de Junho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Victor Simião/CBN Maringá

Anota aí: 680 quilos de farinha de trigo, 627 quilos de açúcar refinado, 1.063 dúzias de ovos e 60 litros de leite. No recheio: 590 quilos de doce de leite. E aí, muito cuidado na preparação. O resultado: o tradicional bolo de Santo Antônio.


E que senhor bolo. 113 metros para servir pelo menos 16 mil pedaços. Teve fiel que chegou à fila antes mesmo de o sol nascer, na madrugada de domingo (16). Aliás, a fila ficou gigantesca, dando voltas em meio à Praça da Paróquia Santo Antônio, em Maringá.


Mas valeu a pena, segundo a empacotadora Fernanda Frelo. Ela foi buscar pedaços de bolo para tentar casar a tia dela. A Fernanda ficou duas horas e meia esperando a vez de pegar um pedaço.

Casar – como assim? É. Diz a tradição que quem acha a medalha de Santo Antônio oficializa a relação com alguém. No bolo deste ano foram colocadas 5 mil medalhas de aço, 12 de prata e uma de ouro. O engenheiro eletricista Vitor Matheus comeu o bolo dele ali mesmo, na paróquia, em busca do item que poderia render um casamento. Mas no futuro, disse em entrevista à CBN Maringá.

Quem já casou pode comer o bolo também – ou levar para as crianças, como fez a assistente social Josiane Carlete.



Quem não quiser casar também está autorizado a comer. O aposentado Orlando Coval mesmo não quer relacionamento sério e comprou o bolo.

Bloco de Imagem

Foto: Victor Simião/CBN Maringá

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo