Fechar

Maringá

'campeão do apetite'

'Faminto', João faz sucesso no Restaurante Popular de Maringá; VÍDEO

Publicado por Nailena Faian, 18:27 - 14 de Junho de 2019

Dez conchas de arroz, mais quatro de feijão, carne, acompanhamento, salada e ainda uma sobremesa: esse é o prato do almoço do João Marcos de Castro, de 30 anos, mais conhecido como o “campeão do apetite” no Restaurante Popular de Maringá.


Ele almoça no local durante a semana e o prato gigante o transformou em celebridade. Enquanto almoça, quem já o conhece passa perto para cumprimentá-lo. Já quem o vê pela primeira vez, fica impressionado e pede uma foto.


O portal GMC Online ficou sabendo da fama do João e foi almoçar com ele no Restaurante Popular para conhecê-lo e entender como ele consegue comer tanto: o prato dele pesa cerca de 3 quilos. É muita comida!



“Todo dia ele come desse jeito e come tudo. Quando ele acaba, bate a bandeja na mesa para chamar atenção e mostrar que comeu tudo, é um espetáculo", conta a estagiária de nutrição que trabalha no local, Franciele Geroto de Souza.



Descobrimos que essa fome tem explicação. João é panfleteiro, caminha cerca de 15 quilômetros todos os dias pelas ruas e avenidas de Maringá. Além do panfleto, ele entrega também sua simpatia para as pessoas.


“Trabalho com isso há dez anos. De dia, de noite, a hora que precisar. Gosto muito do meu trabalho, de estar em contato com as pessoas. Sou o jovem que mais panfleta em Maringá. Os empresários gostam de mim porque entrego o panfleto e faço propaganda do negócio”, conta.


Pela manhã, João toma só um cafezinho em casa. Às 7h30 já está na rua trabalhando. A pausa para o almoço é ao meio-dia. “



Nunca vi comida melhor que a daqui. Como por qualidade. O jeito que eu como, se comer esse tanto em qualquer restaurante passo mal. Aqui, é a mesma coisa que comer uma bolacha de sal. Não engordo, meu organismo trabalha muito bem com essa comida. Não pesa, acabo de comer e saio assoviando”, brinca.


Bloco de Imagem

Foto: Nailena Faian/GMC Online

Ele não engorda mesmo. Quem o vê fica admirado. Aquele pratão todos os dias e João pesa só 58 quilos. E olha que de noite ele ainda janta. “Como metade do que comi no almoço. Dá 18h já estou com fome porque andei muito.”


Doente ele diz que não fica e dor nas pernas de tanto caminhar também não tem. “Só vou no médico para entregar panfleto”, diz.


Só que ele só come nessa quantidade o arroz e o feijão mesmo. “Lanche não consigo comer inteiro, nem comer muito doce. Sou especialista em arroz e feijão, quem tentar me superar é perigoso ir parar na UTI”, ri.


Morador do Jardim Alvorada, quando chega em casa ele corre para o banho e a água tem que ser gelada, mesmo no inverno. “Banho frio desperta”, justifica. João nasceu em Assis, município do interior de São Paulo. Veio para Maringá em 2009, onde começou a panfletar. “Já recebi vários convites para outros trabalhos, mas gosto de fazer isso”, finaliza.


Restaurante Popular
O Restaurante Popular de Maringá fica ao lado do ginásio Chico Neto. São servidas, por dia, mil refeições. O local abre às 10h50 e fecha às 14h ou até terem esgotados os tickets, que custam R$ 3 e só podem ser comprados no dia. O local é resultado de parceria entre o Governo Federal e o município.


A refeição é preparada com base na orientação de nutricionistas. “É uma alimentação totalmente balanceada, quantidade exata de óleo, de sal, tudo controlado. Geralmente temos arroz, feijão, macarrão, carne, acompanhamento, salada e uma sobremesa. A comida é bem diversificada, não se repete na mesma semana”, explica a estagiária de nutrição Franciele Geroto de Souza.

Bloco de Imagem

Foto: Nailena Faian/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo