Fechar

Maringá

Parte dos repasses

Governo do Paraná corta repasse de R$ 155 milhões à UEM e ao HU

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 15:54 - 09 de Janeiro de 2019

Bloco de Imagem

Reitoria da universidade está preocupada. Foto: divulgação/UEM

O Governo Paraná bloqueou R$ 155 milhões da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e do Hospital Universitário (HU). A medida, segundo a gestão Ratinho Junior, é para dar equilíbrio fiscal ao orçamento estadual. A reitoria da universidade está preocupada porque o custeio, atualmente em R$ 19 milhões, pode ficar em R$ 15 milhões.


No decreto que bloqueou 20% do orçamento total do Paraná, o governo segurou o repasse de R$ 155 milhões à Universidade Estadual de Maringá e ao Hospital Universitário. A medida está registrada no diário oficial no dia 7 de janeiro.


A maior parte da quantia envolve atividades de ensino, pesquisa e extensão. Mas há também bloqueios de recursos para ampliação e a construção de uma central de resíduos sólidos no Hospital Universitário. Do valor que sairia do fundo estadual da Saúde, R$ 26 milhões destinados ao HU foram bloqueados. No decreto, a informação é de dinheiro seria para a gestão do hospital.


Para este ano, a UEM tem previsão de R$ 19 milhões para custeio, que é a verba para a universidade funcionar, e de R$ 520 milhões de gastos com pessoal.


O vice-reitor de universidade, professor Ricardo Dias, disse estar preocupado com a decisão do governo porque nos últimos anos já tem havido corte. Segundo ele, no momento está sendo analisado exatamente onde devem ocorrer esses congelamentos.


A reitoria pretende se reunir com o governador Carlos Marra Ratinho Junior. O objetivo é mostrar como funciona a UEM, para evitar cortes e explicar os impactos que essas decisões têm na instituição.


Por meio de nota, o Governo do Paraná explicou que a medida é para dar equilíbrio fiscal ao orçamento do Paraná. E que o contingenciamento pode ser liberador no futuro, à medida que gestores solicitarem e explicarem os motivos ao governo.


Além dos bloqueios feitos à UEM e ao HU, Governo do Paraná congelou cerca de R$ 15 milhões para outros serviços em Maringá, como obras em rodovias.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo