Fechar

Maringá

Veja o vídeo

Maringá: por que o João tem tanta fome?

Publicado por Nailena Faian, 15:41 - 08 de Agosto de 2019

João Marcos de Castro, de 30 anos, mais conhecido como o “campeão do apetite”, é famoso no Restaurante Popular de Maringá pelo tamanho do prato de comida que faz no almoço. Não é à toa: são cerca de três quilos de alimento. A bandeja fica tão cheia de comida que ele é constantemente interrompido para tirar fotos.


Depois de o portal GMC Online entrevistá-lo, ele ficou famoso também no Youtube. O número de visualizações do vídeo publicado em junho já passa de 207 mil. Também há centenas de reações e comentários, muitos deles de pessoas se mostrando espantadas por João ser magro, apesar de comer uma quantidade tão grande de comida.



“O que ele come em um dia é o que eu como em um mês”, disse uma internauta. “Santo metabolismo kkkkkk. Caraca muito show. Única coisa que me intriga é como ele é magro kkk”, disse outro.


Bloco de Imagem

Foto: Nailena Faian/GMC Online

Para entender o porquê ele tem tanta fome, a reportagem entrou em contato com a nutricionista Ana Paula Souza. Ela explicou que, mesmo ele caminhando cerca de 15 quilômetros por dia por causa da profissão de panfleteiro que exerce, isso não é motivo para ele ter tanta fome e também não engordar.



“Não é comum uma pessoa comer tanto assim e ainda mais não engordar. Provavelmente ele pode ter a genética de ser magro. Mas são vários fatores que influenciam e só daria para descobrir através de diagnóstico clínico e de exames”, diz.



De acordo com a nutricionista, algumas pessoas que ingerem muita comida apresentam deficiência no centro de saciedade do cérebro. Mesmo se alimentando bastante, elas não se sentem satisfeitas. Como o próprio João diz no vídeo, comer aquele pratão para ele é o “mesmo que comer duas bolachinhas de sal”.


Outra questão que poderia ser avaliada é a possibilidade dele ter hipertireoidismo, doença que torna difícil o ganho de peso, avalia Ana Paula.


Além disso, a nutricionista alerta para os problemas de saúde que a ingestão dessa quantidade de comida pode trazer.



“O ideal é comer 2.500 calorias por dia. Pelo que eu vi no vídeo, ele ingere isso só no almoço. Então não é o ideal, tem muito arroz, muito carboidrato”, alerta.



Porém, quando entrevistado pelo portal GMC Online, João destacou que não fica doente. “Só vou ao médico para entregar panfleto”, disse. “Não engordo, meu organismo trabalha muito bem com essa comida. Não pesa, acabo de comer e saio assoviando”, brincou.

Bloco de Imagem

Foto: Nailena Faian/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo