Fechar

Maringá

'Clima de deserto'

Maringá tem o inverno mais quente dos últimos 20 anos

Publicado por Nailena Faian, 15:03 - 17 de Setembro de 2019

A estação mais fria de 2019 se despede na próxima segunda-feira (23) e com dado histórico em Maringá: é o inverno mais quente dos últimos 20 anos. A informação é do Instituto Meteorológico do Paraná (Simepar), que mede as variáveis climáticas do município desde 1999.


Segundo o Simepar, nesta segunda-feira (16), os termômetros chegaram a 37,8°C, a maior temperatura já registrada durante o inverno nos últimos 20 anos. O valor também beira a maior temperatura registrada neste ano em Maringá: em janeiro, o calor chegou a 38°C.


'Clima de deserto'


Calor e pouca chuva resultam em baixa umidade relativa do ar, ou seja, tempo seco. Nessa segunda-feira, a umidade relativa do ar chegou a atingir 17,2% em Maringá, o menor índice do ano, segundo o Simepar.


Até parece brincadeira, mas Maringá está quase com “clima de deserto”, onde a umidade fica em torno de 10% a 15%. O índice registrado na cidade é considerado de estado de emergência, já que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é em torno de 60%.


Ruim para a saúde


O pneumologista João Salge, 48 anos, do Fleury Medicina e Saúde, diz que, como regra, os extremos de idade, como crianças e idosos, além das pessoas com doenças pulmonares crônicas, são os que mais sofrem com o ar seco e a baixa umidade relativa do ar.



"Esses grupos estão mais vulneráveis. Eu diria que não há uma reserva funcional para mecanismo mais ágil de defesa pulmonar", diz o médico, que aconselha o consumo de muito líquido para hidratar, entre água, chás, sucos e água de coco.



Entre as precauções mais básicas estão, ainda, evitar atividades ao ar livre entre as 10h às 17h, evitar banhos prolongados com água quente e muito sabonete, cortar uso excessivo de ar-condicionado e usar protetor solar.


Próximos dias


Para esta quarta-feira (18), a previsão do Simepar é de que a temperatura possa alcançar 39°C e de que a umidade relativa do ar fique entre 20% e 75%. E pelos menos pelos próximos dias o calor não deve dar trégua. Até domingo (21) não há previsão de chuva e a temperatura máxima deve oscilar entre 30°C e 36°C.


*Com informações de Agência Estado e Folha Press


 


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e entre no nosso grupo. Lembrando que este grupo é restrito a mensagens de administradores.

Bloco de Imagem

Foto: Rua/Folhapress

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo