Fechar

Maringá

Em Praça Pública

Maringá terá ato em memória de Marielle Franco e Anderson Gomes

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 16:48 - 13 de Março de 2019

O coletivo negro Yalodê-Badá e o Psol organizam um ato em memória da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes nesta quinta-feira (14), dia em que completa um ano da morte dos dois. Eles foram brutalmente assassinados no Rio de Janeiro. Marielle era uma mulher negra e filiada ao Psol, no Rio de Janeiro.


O ato em Maringá está marcado para às 17h30, na Praça Napoleão Moreira da Silva. Três pontos devem ser abordados no ato, diz a participante do coletivo Yalodê- Badá, Daniara Thomaz, em entrevista à CBN Maringá.


"A memória de Marielle Franco, a justiça pelo assassinato de Marielle Fanco e Anderson Gomes e principalmente a luta contra o racismo estrutural no Brasil", diz.


Nesta semana, dois homens foram presos no Rio de Janeiro. Um deles é acusado de matar e o outro de dirigir o veículo usado no crime. Agora, as forças de segurança buscam ligar os pontos e saber qual a ligação com milícias e com políticos.


A questão a ser resolvida é: quem mandou matar os dois, diz Daniara. Atos como o de Maringá estão organizados em todo o Brasil.

Bloco de Imagem

Foto: EBC

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo