Maringá

Suposto assédio

Núcleo de Educação afasta servidor e vai apurar denúncia

Publicado por Monique Manganaro, com informações de Luciana Peña , 12:07 - 15 de Março de 2019

O Núcleo Regional de Educação afastou o servidor público acusado de assédio contra um adolescente de 13 anos. Em um primeiro momento, a denúncia dos pais do estudante ao Conselho Tutelar era que o menino tinha sido vítima de um professor. No entanto, o diretor do Núcleo, Luciano Pereira, diz que não se trata de um professor, mas sim de um agente educacional que só tem contato com os estudantes no pátio da escola.


Conforme Pereira, uma sindicância vai apurar caso e deve durar 60 dias. "A medida imediata que nós tomamos, a fim de garantir a tranquilidade dos pais, alunos e todos dentro do ambiente escolar, foi de realocar esse servidor em uma área administrativa e não mais dentro de escolas. O nosso servidor em questão está prestando serviço, momentaneamente, em uma área administrativa pertencente ao Núcleo Regional de Educação", explica.



Ouça a entrevista completa



Foto da capa: reprodução/Google Street View 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo