Fechar

Maringá

'Novela'

Planos para concurso público da Prefeitura de Maringá estão adiados

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 18:14 - 25 de Junho de 2019

A novela do concurso público continua. Antes a Prefeitura de Maringá havia dito que deveria acontecer até março. Daí, depois, falou que até julho. Agora, deve ser ainda neste ano, mas sem previsão. Os planos para as provas estão adiados. O município queria abrir disputa para 55 vagas em seis cargos. Já não se sabe mais se o número vai ser mantido.


O Executivo já havia dito que um dos motivos do atraso era a discussão sobre a mudança de regime de servidores da saúde celetistas que querem ser estatutários. No momento, outras duas situações estão postas: a primeira é que a Secretaria de Saúde está reavaliando todo o quadro para ver o que é e o que não é necessário. A segunda, é que o município quer criar novos cargos na Prefeitura.


Um projeto de lei foi enviado à Câmara de Maringá, solicitando a aprovação da criação de sete cargos de analistas e um de biomédico – possibilitando a criação de 110 vagas ao todo, conforme o projeto. A iniciativa ainda tramita na Comissão de Constituição de e Justiça.


E aí é necessário esperar a aprovação desse projeto de lei para criar um concurso para diversos cargos de uma vez, avalia a Prefeitura.


Por conta de todas essas indefinições, o concurso público está adiado, afirmou o secretário de Recursos Humanos, César França, em entrevista à CBN Maringá.

Além de preparar um edital, informando cargos e vagas, a Prefeitura precisa abrir licitação para contratar uma banca que realiza as provas. Não vai ser surpresa se o fim do ano chegar e não tiver concurso público – já que todo o processo é burocrático e lento.

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Cleber França/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo