Fechar

Maringá

Turismo

Prefeitura promove ′City Tour′ na histórica Vila Operária

Publicado por Redação GMC, 13:59 - 30 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Cultura (Semuc), promove neste sábado (1), às 8h30, o ′City Tour Histórico′ na Vila Operária, um dos bairros mais antigos da cidade. Os participantes vão se encontrar em frente à Catedral (avenida Tiradentes) e seguirão de ônibus para o passeio. As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas.


A Vila Operária, como o próprio nome sugere, constituiu um dos primeiros núcleos habitacionais da cidade, criado exatamente para abrigar trabalhadores que chegavam à cidade para trabalhar em serrarias e outras atividades comuns naqueles primeiros anos da história de Maringá. Hoje, o bairro passa por uma profunda transformação no seu modelo de ocupação: casas de madeiras deram lugar a construção em alvenarias e está em curso a verticalização do bairro, desfigurando o caráter bucólico que caracterizou a zona 3 ao longo da história.


O passeio será conduzido pelo historiador do Patrimônio Histórico Cultural, João Laércio. Os participantes terão a experiência de passar por locais que resistem até os dias atuais e conhecer a história do bairro. Igreja São José e Parque do Ingá integram as atrações turísticas do bairro. 


O ′City Tour′ é projeto da prefeitura, que organiza passeios turísticos pelos locais históricos de Maringá, aproximando as pessoas da cultura da cidade. O projeto já percorreu o Cemitério Municipal de Maringá, Floriano (distrito de Maringá) e capelas de madeira, batizadas como patrimônio histórico da cidade.


As inscrições gratuitas e limitadas, podem ser feitas pelo link https://bit.ly/2wtZaCh


Saiba mais


Secretaria de Cultura (Semuc)
(44) 3023-7879

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo