Fechar

Geral

Rede social

Facebook lança botão de contexto para o Brasil

Publicado por Folhapress, 11:23 - 12 de Outubro de 2018

Para tentar conter a onda de desinformação no Facebook, a rede social lançou um recurso no Brasil que dá contexto às notícias que aparecem no feed de notícias dos usuários.


O botão de contexto, como é chamado pela empresa, funciona nos Estados Unidos e, neste mês, foi expandido para Brasil, Argentina, Colômbia e México.


"Anunciamos também ferramentas adicionais para proporcionar mais contexto às pessoas, para que elas possam decidir por si mesmas o que ler, confiar e compartilhar", afirmou a empresa em um comunicado.


A ideia é que usuários possam avaliar a credibilidade das fontes das notícias e conteúdos que leem na plataforma.
Elaborada com acadêmicos, a ferramenta mostra artigos relacionados sobre o mesmo tópico da publicação e indica quantas vezes o conteúdo foi compartilhado.


Além disso, exibirá uma descrição da Wikipedia (site colaborativo e sem fins lucrativos) sobre o veículo de comunicação que produziu a notícia –o Facebook indicará caso não haja informações disponíveis sobre o veículo.


Outras duas ferramentas de contexto ao leitor foram anunciadas pela companhia: um link com uma amostra de outras histórias recentes do veículo e a possibilidade de ver quais amigos da rede social compartilharam aquela mesma notícia.


A empresa tem implementado mudanças para tentar combater a disseminação de notícias falsas em sua plataforma depois da última eleição norte-americana, pautada pela influência de táticas de desinformação usadas para atingir os eleitores.


Recentemente, o Facebook anunciou mudanças também no WhatsApp, que pertence ao mesmo grupo econômico.
O aplicativo de mensagens instantâneas passou a alertar quando uma mensagem é encaminhada de outro usuário, para que as pessoas saibam que ela pode se tratar de uma corrente de informação, estratégia comum das campanhas eleitorais.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo