Fechar

Geral

Recife

Mulher tem couro cabeludo arrancado após acidente com kart

Publicado por Folhapress, 15:29 - 12 de Agosto de 2019

A auxiliar de ensino infantil Débora Stefanny Dantas de Oliveira, 19 anos, teve o couro cabeludo completamente arrancado após acidente neste domingo (11) em uma pista de kart que funcionava no estacionamento do supermercado, em Boa Viagem, na zona sul do Recife.


Mesmo usando capacete, o cabelo de Débora prendeu no motor do veículo que, de acordo com familiares da vítima, não tinha proteção adequada.


Débora está internada em estado grave no Hospital da Restauração, maior emergência pública da capital pernambucana. Não há previsão de alta médica.


A assessoria de imprensa da unidade de saúde comunicou que uma equipe de cirurgiões plásticos fez o implante capilar. Ela ainda está sedada e não há informações sobre possíveis problemas neurológicos em decorrências do acidente.


Acompanhada do namorado, Débora foi à pista de kart pela primeira vez.


Familiares informaram que os administradores do local foram omissos. De acordo com um tio da vítima, não havia socorristas e sua sobrinha precisou esperar por 30 minutos até a chegada de uma ambulância.


Em nota, o Walmart informou que o acidente ocorreu em um espaço locado no estacionamento do supermercado para a empresa Adrenalina Kart. "Até que as causas do acidente sejam esclarecidas, esse serviço está suspenso. Lamentamos o ocorrido e estamos em contato com a família para prestar a assistência necessária à vítima."


A Adrelina Kart ainda não se posicionou sobre o assunto.


Histórico


Acidentes desse tipo com kart não são incomuns. Em 2012, uma menina de 12 anos morreu depois de ter sido escalpelada enquanto andava de kart numa pista irregular de Maceió.


Ana Carolina Pereira Lima Porto teve o couro cabeludo arrancado e duas vértebras quebradas após seu cabelo enroscar no motor do kart.


O cabelo da menina havia se soltado do capacete após um choque com outro kart.


Ela voltou para a pista e, pouco depois, o cabelo enroscou no motor, provocando o escalpelamento.


No ano seguinte, a estudante gaúcha Fernanda Dryer, então com 23 anos, também teve o couro cabeludo arrancado enquanto pilotava um kart no parque temático Beto Carrero World, em Penha (SC). O cabelo dela acabou enroscando no motor do equipamento.


À época do acidente, ela disse que não havia recebido o equipamento de segurança. Moradora de Panambi (RS), ela passou meses internada.

Bloco de Imagem

A auxiliar de ensino infantil Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, teve o couro cabeludo completamente arrancado após acidente neste domingo (11) em uma pista de kart. Foto: Reprodução/WhatsApp

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo