Fechar

Paraná

educação

9,8 de média: conheça o dono da maior nota da UEM

Publicado por Luiz Santos, 09:37 - 13 de Março de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo pessoal

9,8863. O número representa a maior média entre os alunos laureados pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) neste ano. O formando que atingiu a média é Luiz Alberto Santos, morador de Bela Vista do Paraíso (133 quilômetros de Maringá) e, agora, graduado em Pedagogia pela modalidade de ensino a distância (EAD).


Luiz começou a faculdade aos 31 anos, após já ter se inscrito em outros três vestibulares e ter desistido. Ele relata que as circunstâncias o levaram ao curso de Pedagogia.



“Sempre estive mais propenso ao universo artístico. No entanto, as demandas da realidade em que eu vivia exigiram que eu desistisse dos sonhos e assumisse outras responsabilidades mais imediatas.”



Santos comenta que após alguns anos trabalhando em uma secretaria escolar, decidiu que precisava atribuir mais significado às práticas de educação e, então, iniciou a graduação em Pedagogia, em 2014.



"O processo durante o curso foi extenuante, desafiador e repleto de agruras”, ressalta.



O pedagogo afirma que por causa de seu trabalho, tinha apenas o período noturno – e muitas madrugadas afora – para estar em contato com o ambiente virtual de aprendizagem, o polo presencial e os materiais disponibilizados para estudo. Santos também revela que durante os 4 anos e meio de curso não se "presenteou" nenhum fim de semana livre.



“Todos os dias foram dedicados aos estudos”, destaca ele, que defende a modalidade a distância.



"Comete um erro crasso quem subestima um curso de graduação em EAD em detrimento de um curso realizado na modalidade presencial.”


Segundo ele, tanto as avaliações presenciais quanto as demais tinham “extrema rigorosidade nas correções”.


Surpresa


Apesar das boas notas, Santos diz que ser laureado e, de quebra, ser o dono da maior média, o surpreenderam.



“Sou muito grato especialmente aos meus pais, gente simples, trabalhadora e da estirpe mais honesta que conheço. Receber a láurea acadêmica só fez sentido por causa deles.”



Para ele, o momento também é uma resposta àqueles que o viam como alvo de chacota, perseguição, ameaças, agressão verbal e física durante a escola.



"Acho que devo algum reconhecimento àquele garotinho que se escondia na biblioteca nos recreios para ser menos importunado. Por ele não ter sucumbido ao desespero e não ter desistido da própria vida, eu diria a ele: ‘é isso aí, você conseguiu!”.



O graduado também disse à reportagem do Portal GMC Online que terminou recentemente uma pós em Educação Especial.



“Às vezes você é obrigado a mudar a direção dos seus objetivos, mas continuar lutando é sempre uma opção”, conclui.


Bloco de Imagem

Luiz Alberto Santos obteve a maior nota entre os laureados pela universidade neste ano. Foto: Arquivo pessoal

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo