Fechar

Paraná

Ensino Superior

Alunos de Sarandi organizam protesto reivindicando transporte gratuito

Publicado por Nailena Faian, 17:12 - 11 de Fevereiro de 2019

Jovens de Sarandi que cursam o ensino superior em Maringá vão realizar um protesto contra a retirada dos ônibus públicos gratuitos que transportam eles para as instituições. O ato será realizado na próxima segunda-feira (18) em frente à prefeitura. De lá, os estudantes seguem em passeata até a Avenida Londrina, onde prometem parar o trânsito.


Cerca de 250 estudantes, sendo 80 da Universidade Estadual de Maringá (UEM), iam para a faculdade em dois ônibus disponibilizados e custeados pela Prefeitura de Sarandi. No entanto, os ônibus não vão circular neste ano. A administração municipal diz que é porque precisa cumprir recomendação do Ministério Público e também porque existem problemas na educação infantil.


Thaís Andrade, de 23 anos, cursa história na UEM e é uma das estudantes que vai marcar presença no protesto. “Precisamos dos ônibus, mas já tentamos todos os meios burocráticos, fomos na Câmara, no Ministério Público e como não tivemos resposta positiva, vamos fazer o protesto. Estamos convidando alunos do terceiro ano do Ensino Médio também, porque no próximo ano podem ser eles que vão precisar do transporte”, defende.

Em entrevista à CBN Maringá em dezembro do ano passado, o procurador jurídico de Sarandi, Fabio Massao, disse que explicou a situação para os estudantes. De acordo com ele, constitucionalmente o município não é obrigado a fornecer transporte gratuito para quem cursa o ensino superior.


Outra questão, segundo o procurador jurídico, é que o município precisa resolver outros problemas na área da educação, como a fila de espera de 2,4 mil crianças aguardando por uma vaga em uma creche.


No último sábado (9), alguns alunos fizeram uma ação na Avenida Londrina convidando a população para participar do protesto no dia 18.

Bloco de Imagem

Alunos pedem apoio da população para que o transporte público e gratuito permaneça. Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo