Fechar

Paraná

Educação

Alunos de Sarandi se mobilizam para manter transporte público de graça

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 10:06 - 15 de Dezembro de 2018

Estudantes de Sarandi que cursam o ensino superior em Maringá estão mobilizados em torno de uma causa: eles querem impedir a retirada do transporte público e gratuito cedido pelo município, que faz o trajeto Sarandi-Maringá durante as noites.


É que Sarandi, que oferta dois veículos, vai retirar os ônibus de circulação em 2019. A justificativa é que a cidade tem de cumprir uma recomendação do Ministério Público e porque há problemas na educação infantil.


Atualmente, 80 pessoas vêm a Maringá estudar em instituições privadas e públicas. Segundo os estudantes, a retirada do transporte será tão prejudicial, a ponto de alguns acadêmicos terem de trancar o curso.



Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.



O procurador jurídico de Sarandi, Fabio Massao, diz que já se reuniu com os alunos e explicou para eles a situação. Constitucionalmente, o município não tem obrigação de fornecer transporte gratuito para quem está no ensino superior.


Além disso, segundo ele, a cidade tem problemas com a educação básica, com 2.400 crianças sem vagas em creche. Massao lamenta a situação, mas diz que foi uma recomendação do Ministério Público. Caso Sarandi não cumpra a medida, poderá ter problemas de improbidade, afirma ele.


O Diretório Central dos Estudantes (DCE), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), se manifestou por nota em uma rede social e informou que está à disposição para auxiliar os graduandos.


Na segunda-feira (17), os estudantes vão à Câmara de Vereadores para pedir auxílio aos parlamentares.

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo