Fechar

Paraná

Cascavel

Justiça condena pai de menino atacado por tigre em zoológico

Publicado por Catve, 17:58 - 29 de Novembro de 2019

Após o Ministério Público do Paraná (MPPR) pedir, no início do ano, a condenação do pai do menino que teve o braço amputado depois ser atacado por um tigre, no zoológico de Cascavel, o Poder Judiciário entendeu pela culpa do genitor e proferiu a sentença de condenação.


O acidente aconteceu em julho de 2014, quando Vrajamany Fernandes Rocha, então com 11 anos, passeava com o pai no zoológico municipal.


Marcos do Carmo Rocha foi condenado a três ano de reclusão. No entanto, por ser réu primário, a Justiça concedeu o cumprimento da pena em regime aberto ou com prestação de serviço comunitário.


O caso, à época, contou com repercussão nacional.


Relembre


Vrajmany foi atacado no dia 30 de julho de 2014 por um tigre no zoológico de Cascavel. Ele teve o braço amputado na altura do ombro, no Hospital Universitário.


Logo após o ataque, ele foi conduzido direto ao Centro Cirúrgico do HU, e depois a Pediatria. 


Vrajmany alimentava e acariciava os animais próximo a jaula do recinto dos leões. Imagens feitas por populares mostram ele acariciando e dando comida ao tigre Hu, e pouco tempo depois sofreu o ataque e teve o braço direito dilacerado.


Ele estava acompanhado do pai que presenciou a cena. Eles são de São Paulo e estavam em Cascavel em visita ao outro filho de Marcos do Carmo Rocha, que na época tinha 3 anos.


Informações são do portal Catve.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Catve.com

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo