Fechar

Policial

Na terça

Acusados pela morte de auditor fiscal em Maringá vão a julgamento

Publicado por CBN Maringá, 08:40 - 14 de Agosto de 2019

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) informou que o Tribunal do Júri da Justiça Federal de Maringá julgará os acusados do assassinato do auditor fiscal José Antônio Sevilha vão a julgamento na próxima terça-feira (20).


O auditor foi morto em frente à casa da mãe dele em setembro de 2005, no Jardim Novo Horizonte em Maringá. Sevilha tinha 43 anos, era casado e pai de três filhos. Ele ia buscar a mulher no hospital quando foi executado.


A Polícia Federal apurou nas investigações que o crime foi motivado por represália ao trabalho desempenhado pelo auditor como chefe da Seção de Controle Aduaneiro da Receita Federal. Serão julgados três dos cinco indiciados, entre eles um empresário apontado como o mandante do crime.

Bloco de Imagem

Imagem Ilustrativa/Foto: Reprodução/sindifisconacional.org.br

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo