Fechar

Policial

Homicídio qualificado

Mulher é morta por levar doce em vez de salgado a festa junina

Publicado por Folhapress, 16:58 - 21 de Junho de 2019

Uma dona de casa de 25 anos foi assassinada com três tiros no rosto pelo fato de ter levado um bolo em uma festa junina. O crime ocorreu na noite do último dia 15 em Sete Barras (203 km de SP).


Segundo a polícia, Vanderléia Inácio dos Santos teria combinado de levar salgados ao evento. Porém, acabou levando um bolo, o que provocou uma discussão com o acusado pelo crime, um homem de 47 anos.


Ambos discutiram em um bar, segundo uma testemunha disse à polícia. Após o entrevero, o acusado foi até seu carro, pegou uma arma de fogo e atirou em Vanderléia.


O homicídio ocorreu na frente dos quatro filhos da vítima. As crianças contam com 8, 6 e 4 anos, além de um bebê de 10 meses. O atirador fugiu em seguida.


O acusado se apresentou à polícia na quarta-feira (19). Ele não foi preso, pois o limite de tempo para sua prisão em flagrante já havia sido ultrapassado.


O caso foi registrado como homicídio qualificado na delegacia da cidade.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo