Fechar

Policial

Comparativo

Número de homicídios aumenta 10% em Maringá; crimes 'comuns' têm queda

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 16:14 - 04 de Janeiro de 2019

Em 2018, Maringá teve 10% mais de homicídios que em 2017, segundo dados da Polícia Militar (PM). No ano passado, 32 pessoas foram assassinadas, enquanto 29 pessoas foram mortas em 2017.


O balanço está em um relatório divulgado pela PM nesta sexta-feira (4). A cidade também registrou dois latrocínios - roubo seguido de morte - no ano passado, o que não aconteceu em 2017.


Na avaliação do capitão da Polícia Militar, Alexandro Marcolino Gomes, o motivo principal do aumento no número de homicídios é o tráfico de drogas, que leva a disputa entre criminosos e consequentemente, a mortes.


Crimes considerados mais comuns tiveram queda. Furto simples e furto qualificado caíram 12% e 21%, respectivamente, no comparativo entre 2018 e 2017. Roubo teve redução de 36%. Em 2017 foram 1.553 registros pela Polícia Militar em Maringá. No ano passado, 997.


Segundo Gomes, a redução desses crimes é algo positivo porque mostra que o trabalho ostensivo tem funcionado.


Em 2018, houve queda no número de registros de boletins de ocorrência. 17.597 foram feitos no ano passado, 16% a menos que em 2017 – quando a PM fez 21 mil. A Polícia avalia que a redução se dá pela diminuição de crimes.


 Foto da capa: ilustrativa/Cléber França/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo