Fechar

Policial

Marialva

Polícia investiga a morte de uma cadela com sinais de queimado

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 13:32 - 22 de Julho de 2019

Investigadores da delegacia de Marialva estiveram na manhã desta segunda-feira (22) no sítio do produtor rural Osvaldo Cherone. Ele registrou queixa pela morte de uma cadelinha, que estava com seis filhotes, e apareceu com sinais de queimado pelo corpo.


A suspeita é de que alguém jogou água ou óleo quente no animal. “Cheguei ontem cedo e ela estava caída o lado dos filhotinhos”, disse Cherone, que mora em São Miguel do Cambuí, distrito de Marialva.


Em Marialva existe lei que pune maus-tratos a animais. A lei segue o modelo de Maringá, mas é ainda mais rigorosa. Em caso de morte a multa pode chegar a mais de R$ 11 mil.


A lei é de abril do ano passado, mas este ano por exemplo, nenhuma multa foi aplicada. Não porque não haja casos de maus-tratos a animais na cidade, mas porque, quando pode, o gerente da Vigilância Sanitária, Jacob Alves de Souza, prefere o diálogo.


As denúncias devem ser feitas pelo telefone 156. É importante que o denunciante apresente foto ou vídeo para reforçar a denúncia.

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo