Fechar

Política

Maringá

MP apura uso de veículo da Câmara para fins particulares

Publicado por Nailena Faian, 10:20 - 13 de Julho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo/GMC Online

O Ministério Público, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Maringá, instaurou inquérito civil para apurar o uso de veículo oficial da Câmara Municipal para fins particulares. Os alvos da investigação são o presidente da Câmara, Mário Hossokawa (PP), e o vereador Sidnei Telles (PSD).


No documento assinado na última quarta-feira (10), o promotor Pedro Ivo Andrade pede que a concessionária Viapar informe se algum dos veículos da Câmara passou pelas praças de pedágio de Marialva e Arapongas entre as 2h e às 11h do dia 11 de junho, uma terça-feira.


Por meio da assessoria de impressa, a Câmara informou que Hossokawa autorizou o motorista do Legislativo buscar o vereador Sidnei Telles no aeroporto de Londrina para que ele chegasse a tempo na sessão daquele dia.


“Não é comum. Mas a viagem, autorizada pelo presidente, teve como intenção a participação do Sidnei na sessão na manhã daquele dia. O vereador é primeiro secretário da Mesa Diretora e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento. Naquele dia estava na pauta LDO para votar, e seria importante a participação dele na sessão”, explicou a assessoria por meio de nota.


O vereador estava voltando de uma viagem particular em Roma.


A promotoria vai ouvir, no dia 7 de agosto, o motorista que fez o transporte do vereador.


Mais uma vez o presidente da Câmara é investigado. Ele é réu em ação pública por danos ao erário junto com Jairo Gianoto e Luiz Antonio Paolicchi, há alguns anos. O assunto foi comentado por Diniz Neto, colunista da CBN Maringá. Ouça aqui.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo