Fale conosco
  • Ouça agora

    Maringá FM

    As mais tocadas da Maringá FM

  • Ouça agora

    CBN Maringá

    As mais tocadas da CBN Maringá

  • Ouça agora

    Mix FM Maringá

    As mais tocadas da Mix FM Maringá

  • Ouça agora

    CBN Cascavel

    As mais tocadas da CBN Cascavel

Portal GMC Online

Agora em Maringá

Ver próximos dias

Notícias

18 de abril – Dia do Turismo da Maringá Turística

A cada dia ganha atenção o movimento na economia maringaense pelos negócios da cordialidade – frutos dos atrativos e serviços nas diferentes opções de Turismo. Para se chegar neste momento tem toda uma trajetória a começar por um projeto inglês de colonização com um jeito paulista de fazer, com a força e esperança da brasilidade dos irmãos migrantes somado a cultura das etnias, em terras férteis, num estado singular do Brasil.

Com esta química colonizatória a economia da madeira e do café abriu as janelas do progresso, o advento dos grãos capitaneado pelo soja e milho, o surgimento do status de centro de atacado, deram as condições para se ter um planejamento urbano em amplas avenidas e praças, uma arborização com a marca bianchiana, os parques e até um horto que resiste a exploração imobiliária. Como gosto de afirmar – NÃO EXISTEM OUTRAS MARINGÁS!!!! Temos selo de procedência e de riquezas, mas nada impede de fazermos dos Negócios do Turismo uma dimensão da nossa pujante economia.

Trazemos milhares de pessoas em nossos eventos principais, Natal, Paixão de Cristo, Expoingá, Calouro Folia e ainda não sabemos faturar com os serviços receptivos para maior permanência dos visitantes. Uso este termo porque a nossa cultura ainda não assumiu que os mesmos são turistas, quem sabe a hora que mudar o entendimento, seremos turísticos. Contudo se temos no sangue o entender da agricultura, se os irmãos árabes nos iniciaram no mundo do comércio, quando se fala em Turismo dá um branco… Infelizmente no Brasil ainda não aprendemos o ABC e os pulos dos gatos, o que reflete em Maringá.

Por acreditar e estudar o processo da turistificação, resgato os passos que já trilhamos, a saber: o Criação do CMTUR-Conselho Municipal do Turismo; o Criação do Maringá CVB – Maringá e Região Convention Visitors & Bureau; o Fortalecimento do OMT – Órgão Municipal do Turismo que progressivamente deverá chegar a condição de status de Secretaria Municipal ou órgão autônomo; o Participação no Turismo Regional graças ao pioneirismo e persistência da RETUR-Rede de Turismo Regional; o Celebração com o tema Maringá Turística como enredo do desfile cívico de 2014; o Realização da I Conferência Municipal do Turismo em 03/10/2018, onde na minha fala criei a expressão “Inteligências Maringá”, seguramente, uma das nossas maiores fortalezas; o Estrutura hospitaleira da gastronomia e dos serviços hoteleiros; o Realização de Simpósios, Congressos e agora as Semanas do Turismo; o Criação do Observatório do Turismo e Eventos; Precisamos outrossim, vencer alguns desafios, entre outros: o Viabilização do Centro de Convenções, pois o mesmo não saiu do discurso de cada prefeito; o Não temos em nossa Universidade e Centros Universitários o Núcleo Acadêmico na área do Turismo; o Ah….e o nosso CMTUR como órgão referencial deliberativo precisa assumir seu papel de Governança Institucional e respaldar a organização da Governança Executiva, com 3 a 5 entidades mais compromissadas com o Turismo;

Destacamos que hoje os atrativos de antes tem agregação de valor com o reconhecimento de Maringá como cidade Top, do CODEM como usina de soluções, do destaque em Tecnologia de Informação, do diferencial em Ensino Superior-Ciência-Tecnologia e por ser o centro da região turística Corredores das Águas, com seus atrativos naturais; E o que poderá nos ajudar nesta caminhada, de não nos contentarmos com o pouco de hoje, para não sermos criticados pelas gerações futuras, caso deixemos escapar estas possibilidades que estão diante de nós? Muitas coisas, e você que lê este artigo pode ajudar muito, da mesma forma que quando presidi o CMTUR (2013-2015) apresentei na época ao então vereador Ulisses Maia a proposta de criação do Dia Municipal do Turismo, oficializando como tal a data 18 de abril, como reconhecimento que o marco turístico de Maringá foi a criação do CMTUR. Criamos assim por lei a estratégia de fazer lembrar a cidadania desta data, ampliando as possibilidades de contribuição significativa na nossa tão necessária e urgente cultura turística. Vamos nessa!

Artigo escrito por Jacó Gimennes, Pesquisador em Cultura de Desenvolvimento pelo Turismo, Fundador da RETUR, Presidente da Paraná Turismo (2015-2018) e Líder Empreendedor no Turismo Regional.

As mais lidas agora

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]


Notícias