Fale conosco
  • Ouça agora

    Maringá FM

    As mais tocadas da Maringá FM

  • Ouça agora

    CBN Maringá

    As mais tocadas da CBN Maringá

  • Ouça agora

    Mix FM Maringá

    As mais tocadas da Mix FM Maringá

  • Ouça agora

    CBN Cascavel

    As mais tocadas da CBN Cascavel

Portal GMC Online

Agora em Maringá

Ver próximos dias

Maringá

Confirmadas mais duas mortes por gripe em Maringá

Mais duas mortes por gripe foram confirmadas em Maringá. Com isso, neste ano a cidade registra um total de três mortes por conta da doença, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (12). São 5 casos confirmados de gripe, um a mais do que na semana anterior.

Os novos óbitos, segundo o boletim epidemiológico, ocorreram por influenza A/H1N1 e por influenza A tipo sazonal H3. A primeira morte foi confirmada na semana passada e o diagnóstico também foi de influenza A tipo sazonal H3.

No Paraná são 212 casos confirmados de gripe e 51 mortes por conta da doença. São 8 mortes a mais do que na semana anterior. Além de Maringá, as cidades que registraram novos óbitos por gripe foram Foz do Iguaçu, Curitiba e Cambé.

Prevenção

A vacinação anual contra influenza é a principal medida utilizada para se prevenir a
doença, porque pode ser administrada antes da exposição ao vírus e é capaz de promover imunidade durante o período de circulação sazonal do vírus, reduzindo o
agravamento da doença.

É recomendada vacinação anual contra influenza para os grupos-alvos definidos pelo
Ministério da Saúde, mesmo que já tenham recebido a vacina na temporada anterior, pois se observa queda progressiva na quantidade de anticorpos protetores.

Outras medidas são:
– Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento. No caso de não haver disponibilidade de água e sabão, usar álcool gel a 70°;
– Cobrir nariz e boca com dobra do braço quando espirrar ou tossir;
– Evitar tocar as mucosas de olhos, nariz e boca;
– Higienizar as mãos com após tossir ou espirrar;
– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
– Manter os ambientes bem ventilados;
– Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de Influenza;
– Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);
– Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;
– Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre;
– Buscar atendimento médico em caso de sinais e sintomas compatíveis com a doença, tais como: aparecimento súbito de: calafrios, mal-estar, cefaleia, mialgia, dor de garganta, artralgia, prostração, rinorreia e tosse seca. Podem ainda estar presentes: diarreia, vômito, fadiga, rouquidão e hiperemia conjuntival. 

As mais lidas agora

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]


Maringá