Fechar

Maringá

Meio Ambiente

Podcast CBN Maringá: Vamos falar de... biodiversidade

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 16:12 - 22 de maio de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

22 de maio é o Dia Internacional da Biodiversidade. A diversidade biológica, a diversidade de animais, de plantas que garantem um sofisticado equilíbrio ao planeta Terra.


Neste quesito, Maringá é uma cidade privilegiada. Temos bosques que são reservas nativas da Mata Atlântica, onde a vida se multiplica. Muito graças aos corredores da biodiversidade, que interligam os rios e matas na área urbana.


O biólogo do Parque do Ingá, Rogério Lima, nos ajuda a visualizar os corredores da biodiversidade, que foram implantados de forma pioneira no Brasil, em 2012.



"Se imaginarmos um mata de Maringá, com o Parque do Ingá e o Bosque II sendo os pulmões da cidade, veremos ali o começo do corredor ecológico, as nascentes que permitem o fluxo de reprodução e alimentação dos organismos vivos. A manutenção desses ambientes permitem a preservação da biodiversidade, seja aqui ou nas áreas um pouco mais afastadas de Maringá", declarou.



A biodiversidade é tão importante que está na essência da própria sobrevivência humana. O homem, que é um predador, pode até nem perceber, mas quando promove a extinção de uma espécie, coloca em risco toda uma cadeia de seres e ambientes.


O ser humano pode se sentir uma espécie poderosa, mas também depende desta cadeia para sobreviver.


Ouça o podcast completo no Spotify!


Produção e reportagem: Luciana Peña


Edição e sonorização: Claúdio Beltran


 


Precisa sair de casa? Use Máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.


Quer receber nossas principais notícias por Whatsapp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo! Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo