Fechar

Paraná

Entre Sarandi e Marialva

BR-376: DER comunica fechamento de retorno e empresários se mobilizam

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 13:15 - 13 de December de 2019

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) comunicou as empresas às margens da BR-376, entre Sarandi e Marialva, que irá fechar o único retorno que existe no trecho. Os comerciantes dizem que terão prejuízo.


O comunicado de que o retorno na rodovia BR-376 será fechado foi entregue aos comerciantes esta semana. E todo mundo ficou preocupado. O retorno fica bem em frente a um posto de combustíveis, o mais prejudicado com o fechamento do contorno. A gerente Patrícia Ambujar diz o movimento vai cair drasticamente se isso ocorrer.



"É preciso do retorno para que os veículos, tanto caminhões, quanto carros, entrem no posto para abastecer. Porque se eu for atender os veículos que vêm sentido Curitiba, a pessoa vai ter que ir até o (monumento do) cacho de uva, que é o próximo retorno, há 3 km, para voltar aqui para abastecer. Depois ela vai ter que ir até Sarandi, mais 3 quilômetros de distância, para ir embora. É inviável. Ninguém vai andar 6 quilômetros para entrar no posto e abastecer", relata.



A justificativa para o fechamento são os acidentes que ocorrem neste trecho. As batidas acontecem justamente quando algum veículo tenta fazer o contorno e muitas vezes envolvem caminhões. Mas para quem trabalha por ali o problema maior é a velocidade dos carros.


Ouça a reportagem na CBN Maringá.


Em nota o DER informou que:



" A prefeitura de Marialva foi oficiada pela concessionária responsável pela BR-376 sobre o fechamento de um retorno próximo a um posto de gasolina na rodovia. O local registra um alto número de acidentes. A concessionária aguarda manifestação do município, e não há previsão do fechamento ser realizado."


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.


Bloco de Imagem

Foto: CBN Maringá

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo