Fechar

Política

Legislativo

Afirmação do prefeito sobre reajuste de salários gera polêmica

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 14:35 - 26 de março de 2020

Os vereadores interromperam a sessão da Câmara para uma reunião rápida no plenário.


Eles discutiram o que fazer após a declaração do prefeito Ulisses Maia de que vai abrir mão do reajuste salarial de 4,3% que foi votado e aprovado esta semana.


Nas redes sociais pegou muito mal o reajuste nos subsídios de vereadores, neste período de crise do coronavírus.


Mas está na lei. E é uma lei só que vale para todos os 13 mil servidores, e inclui secretários, cargos de confiança, prefeito, vice e vereadores.


Dizem os vereadores que o prefeito ia mandar uma mensagem de lei para retirar o reajuste dele, do vice e dos secretários.


Mas o departamento jurídico já disse que não pode, explica o presidente da Câmara, Mário Hossokawa. 



"Até pensamos nisso (em retirar o reajuste) em meio a repercussão que deu, mas infelizmente não podemos retirar ou fazer uma alteração nessa lei, retirando o reajuste do executivo, pois a Constituição exige que todos os servidores, do executivo, legislativo e secretários recebam a mesma data-base", declarou.



O líder do prefeito na Câmara, vereador Alex Chaves, diz que a saída será doar o valor equivalente ao reajuste. É o que ele irá fazer.  



"Acontece que agora o jurídico da Câmara afirmou que isso pode gerar a reprovação das contas. Eu, como vereador, digo que esse reajuste, no momento, é muito desagradável. O que cada um pode fazer é abrir mão desse recurso, doar para alguma entidade. É um compromisso meu e acredito que cada vereador possa fazer também", afirmou.



O vereador Sidnei Telles sugeriu até criar um fundo para receber estas doações.



"A constituição obriga que os vereadores derem a reposição exigida pelo Sindicato. Nada impede de criarmos um fundo onde os servidores possam colocar a reposição nesse fundo de auxílio, para servir de amparo nesse momento de epidemia", finalizou.



Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.

Bloco de Imagem

Foto: Luciana Peña/CBN Maringá


Quer receber nossas principais notícias por Whatsapp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo! Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo