Fechar

COLUNISTAS

Barraca Universitária® movimenta economia

Publicado por Zona Livre, 13:30 - 09 de Maio de 2019

Quando um grande evento é realizado na cidade, muita gente sai ganhando. Não só o meio artístico e de eventos fatura, mas toda a cadeia que envolve desde a montagem das tendas até o transporte que vai levar a galera até a balada. O público, que lota a BU nas oito noites de abertura, é quem realmente faz a festa acontecer e movimenta a economia não só de Maringá, mas de dezenas de cidades vizinhas.


Uma pesquisa realizada pela GMC Eventos, produtora da Barraca Universitária® há quase 20 anos, revelou padrões de comportamento do público que frequenta a BU. De acordo com indicadores da pesquisa, os salões de beleza devem faturar alto durante a temporada 2019, pois 67,7% das pessoas disseram que vão a um salão para se preparar para a festa, seja para fazer as unhas, cabelo ou maquiagem. “A gente quer ficar bonita, né? É a melhor festa do ano, então merece uma produção poderosa”, diz a estudante universitária Ana Paula Dias (22), de Maringá.


Além ir ao salão dar um “up” no visual, Ana Paula já garantiu um look novo para curtir a primeira noite da festa, que será comandada por Xand Aviões, em seu primeiro show no Paraná. A operadora de caixa Lorraine Fernanda Torres (23), de Cianorte, também vai ver suas musas Maiara e Maraísa de roupa nova, que vai comprar nos próximos dias -- quase metade dos entrevistados compra alguma peça de roupa ou calçado especialmente para usar na BU.


Além de aquecer o comércio e rede de serviços externos, a Barraca Universitária® contribui também para o fluxo dentro da Expoingá. Das pessoas que informaram que se alimentam antes de seguir para o show, mais de 40% aproveitam as opções gastronômicas oferecidas na feira, como o tradicional cachorro quente, churros, crepes e outras delícias. O auxiliar administrativo Matheus Rigolin (27), de Maringá, é um deles. “Aproveito pra andar pela feira e comer alguma coisa antes de entrar na Barraca Universitária”, conta.


A pesquisa revelou, também, que cerca de 35% do público do evento não mora em Maringá, e que 10,3% dos entrevistados pretendem gastar, em apenas uma noite, mais de R$ 200. Este é o perfil de Lorraine. Ela vem curtir o show de Maiara e Maraísa de carro com a namorada e diz que deve gastar em torno de R$ 300 na balada. Os que disseram disseram que gastariam de R$ 101 a R$ 200 representam 20,6% do público, e, juntas, as parcelas de pessoas que informaram investir de R$ 31 a 60 e de $61 a 100, formam a maioria do público: 53%. Cerca de 10% de todo o público do evento ficam hospedados em hotéis da cidade.


E não pense que a Barraca Universitária® é só para jovens universitários. Um quarto do público é formado por pessoas já formadas e pós-graduadas, e mais de 60% tem mais de 25 anos. Mas sim, os universitários e pré-universitários ainda são maioria (45%), não à toa a BU é considerada a maior festa universitária do sul do Brasil.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo