Fechar

Futsal

Exclusiva

Amandinha: melhor jogadora do mundo no futsal está em Maringá

Publicado por Chrystian Iglecias, 17:45 - 21 de Agosto de 2019

Bloco de Imagem

Amandinha em lance no Chico Neto, nesta quarta (21). Foto: João Paulo Santos/Exemplus/CBDU

Ela monopoliza o futsal feminino há cinco temporadas. Cearense de 24 anos, a nossa personagem é a melhor jogadora de futsal do mundo - quiçá, da história. Com a disputa da Conferência Sul dos Jogos Universitários Brasileiros (Jub's) sendo sediada em Maringá, ela brinda aos maringaenses a oportunidade de vê-la distribuir lances de efeito, gols e vitórias no Ginásio de Esportes Chico Neto. É claro que estamos falando de Amandinha, ala do Leoas da Serra-SC e da seleção brasileira.


Se no masculino, a referência do Brasil na história é Falcão, no feminino, podemos considerar Amandinha uma espécie de "Falcão de Saias". Ou seria Falcão uma "Amandinha de bermuda"? A camisa 10 da Uniplac (Lages) nos Jogos Universitários possui nada menos do que cinco prêmios de melhor jogadora de futsal do ano, em eleição realizada pelo Futsal Planet, em parceria com a marca de fornecimento esportivo Umbro. Mais do que isso: além de ser a atual vencedora do troféu, ela está a um passo de conquistar o reconhecimento individual pela sexta vez consecutiva.


Campeã Mundial Interclubes de 2019 com as Leoas da Serra, Amandinha é a leoa-mor. A defensora espanhola do Alético Navalcarnero, de Madrid, que o diga (confira no vídeo abaixo). Na grande final do campeonato, disputado em solo espanhol, a ala cearense aplicou uma caneta desmoralizante na adversária. De quebra, ela marcou os dois gols da vitória e deu ao time catarinense o título mundial, após vencerem a Libertadores no ano passado.

Pela seleção, Amandinha é tricampeã do mundo, chegando a ser comandada pelo histórico Manoel Tobias. Na final de 2014, ela marcou o gol do título nos últimos segundos e mandou um verdadeiro recado aos preconceituosos ao tirar a camisa na comemoração. Ela pode tudo.


Na tarde desta quarta-feira (21), a rainha do futsal esteve na Clinisport Prime, em Maringá, fazendo avaliações físicas e biomecânicas, além de exercícios de recuperação pós-jogo. Nas instalações da clínica, Amandinha atendeu a reportagem do portal GMC Online para uma entrevista exclusiva. Confira!


 

Bloco de Imagem

Amandinha em meio à uma avaliação física. Foto: João Bulhak/Clinisport Prime

(GMC): É sua primeira vez em Maringá? O que achou da nossa cidade?


(Amandinha): Maringá é sempre muito especial pra mim. Foi uma das cidades que me mostrou para o futsal, ainda em 2010 quando eu vim jogar os Jogos Escolares aqui. Sempre que eu tenho a oportunidade de voltar aqui, é um prazer muito grande. Vim ano passado também. Maringá é sempre muito bacana!


(GMC): Você está acostumada a jogar as principais competições do mundo. Qual a sua motivação para ser campeã dos Jub's aqui em Maringá?


(Amandinha): Eu sempre gosto de participar das competições da CBDU (a Confederação Brasileira do Desporto Universitário). É sempre um prazer jogar os Jub's, principalmente pela organização. Eles incentivam não só o futsal feminino, mas todos os esportes. Minha motivação é através destas pessoas que trabalham sempre de forma organizada para fazer o esporte e a mudança na vida das pessoas.

Bloco de Imagem

Campeã de tudo pelo Leoas da Serra. Foto: Arquivo Pessoal.

(GMC): Você, junto com o Leoas da Serra foi campeã mundial. Você acha que está vindo aí o sexto prêmio de melhor do mundo?


(Amandinha): Olha, a gente sempre busca títulos coletivos. Eu nunca penso no meu lado individual, porquê senão eu jogaria tênis (risos). Mas claro que quando eles (os prêmios individuais) vêm, a gente fica muito feliz. É fruto de muito trabalho, de muito suor, de muita coisa que você passa no dia-a-dia. Agora, ganhando 5 vezes consecutivas, acaba me dando uma responsabilidade imensa, acabo virando espelho para tantas outras meninas. Se vier a sexta, vou ficar muito feliz. Quero continuar seguindo nesse meu trabalho de dar o meu melhor, conquistar títulos todos os anos e representando a modalidade.


(GMC): O futsal feminino, assim como o futebol, sofre com a falta de investimento e incentivo. Vocês da seleção quase deixaram de disputar um Mundial por falta de verba e receberam até doações do bolso dos jogadores da seleção masculina. Como você se sente com relação à isso?


(Amandinha): Acaba sendo um pouco triste, porque a seleção brasileira de futsal feminino nunca sequer perdeu uma partida oficial e tinha sido campeã de todos os mundiais já realizados. E a gente pensava: 'Como que o campeão não vai fazer parte do próximo mundial? Não é possível!'. Acaba desmotivando, mas as meninas que fazem futsal feminino são apaixonadas, são meninas que merecem vencer, que não desistem mesmo nas piores dificuldades, sempre estão lá dando seu melhor. Eu sou agraciado de poder representar essa modalidade tão linda que é o futsal.

Bloco de Imagem

Amandinha com o troféu de campeã do mundo. Foto: Arquivo Pessoal.

(GMC): Sobre a Clinisport, você recebeu alguma indicação? O Kléber (Barbão) recebe sempre a nata do futsal e agora chega você pra completar o time.


(Amandinha): O Kléber é muito famoso (risos). Eu sempre escuto falar muito dele, e acompanho há muito tempo. Todo jogador que eu conversava dizia que o Kléber é o melhor. Coloquei na cabeça que eu precisava conhecer ele, a clínica dele, preciso ser avaliada por esse cara. Desta vez vindo de novo pra Maringá, tive a oportunidade de poder estar aqui, poder fazer algumas avaliações aqui na Clinisport e conhecer essa estrutura fantástica. Eu indico pra todo mundo, eles são mesmo os melhores!


(GMC): Falando em famosos, recentemente você teve a oportunidade de jogar com o Neymar. Você disse que ele é seu ídolo. Deu pra conhecer um pouco da intimidade dele? Como ele é como pessoa?


(Amandinha): Foi muito bacana, muito incrível. Ele é maravilhoso, nos tratou muito bem, tanto a mim quanto as outras meninas do futebol que estavam lá. As crianças do instituto também. Tirou foto com todo mundo, conversou com algumas pessoas. Eu sou suspeita pra falar, mas ele tem um talento único e fantástico. Desejo todo sucesso pra carreira dele.


 

Bloco de Imagem

A monarquia do futsal. Foto: Reprodução/Instagram.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo