Fechar

Maringá

Veja horários

Estação Espacial 'passa' pelo céu de Maringá neste fim de semana

Publicado por Monique Manganaro, com informações de Nailena Faian, 10:53 - 08 de Novembro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/Nasa

Até a próxima segunda-feira (11), os maringaenses terão a chance de observar a passagem da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) pelo céu da cidade. O laboratório espacial pode ser visto a olho nu, sem uso de qualquer material especial.


Em órbita na Terra, a estação é a moradia de vários astronautas e ambiente de estudos e pesquisas científicas. A ISS “passa” todos os meses pelo Brasil e, na maioria das vezes, pode ser observada no céu.


Neste mês, de acordo com o estudante de física da Universidade Federal de Itajubá, em Minas Gerais, Ícaro Meidem, a observação em Maringá pode ser feita entre os dias 5 e 11, em horários específicos.


Se as condições climáticas colaborarem, o maringaense pode observar a estação nesta sexta-feira (8) a partir das 20h29. Às 20h32, especificamente, o satélite estará no ponto mais alto do céu, facilitando a visualização.


Neste sábado (9), a observação pode ser feita a partir das 19h40 e, às 19h44, é o momento em que a estação ficará mais visível. No domingo (10), entre 20h31 e 20h32, os maringaense poderão visualizar de forma nítida o satélite. E, na segunda-feira (11), é possível observar de forma precisa às 19h43.


Os melhores locais para observar a aparição da estação espacial são os pontos mais elevados da cidade, por exemplo, os bairros mais altos de Maringá.


Dicas de observação


Ícaro Meidem é apoiador do Grupo de Estudos Astronômicos de Iguaraçu (Geai) e trabalha com Divulgação e Ensino de Astronomia no Laboratório Nacional de Astrofísica em Itajubá.


Em entrevista ao GMC Online, ele explicou que é preciso estar preparado para ver a passagem da estação. Ela é muito rápida, se movendo a 28800 Km/h a 400 km de altitude, de acordo com European Space Association (ESA).


O estudante disse que não é recomendável tentar ver a estação do centro da cidade porque os prédios atrapalham e as luzes ofuscam. “É bom se preparar para ver uns cinco minutos antes do horário previsto. À noite dá para ver a olho nu, pois seus panéis solares reetem a luz do sol e com isso vemos uma estrela bem brilhante passando pelo céu”, orienta.


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo