Fechar

Maringá

Reconhecimento

Maria Iraclézia recebe o Prêmio Acim Mulher

Publicado por Carina Bernardino/CBN Maringá, 08:21 - 16 de Março de 2019

Bloco de Imagem

Foto: divulgação/Textual Comunicação/CBN Maringá

Maria Iraclézia de Araújo foi homenageada pelo Prêmio Acim Mulher na noite desta sexta-feira (15) em uma cerimônia para mais de 600 convidados. Esta foi a 16ª Edição do prêmio da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim).


A zootecnista e produtora rural não é natural de Maringá. Ela veio do Ceará atrás de uma terra promissora, a convite de um tio chamado Moisés. Naquela época, ela tinha 21 anos de idade e se apaixonou pela cidade.


Aqui estudou e trabalhou em busca de conquistar seu espaço. A sua primeira passagem pela Sociedade Rural de Maringá durou 13 anos e aos poucos, ela foi escrevendo seu nome na história do município. Hoje, Maria Iraclézia preside, pela quarta vez, a SRM e recentemente assumiu a presidência do Maringá e Região Convention Visitors Bureau. Mas a sua trajetória no município não foi fácil. 


A escolha de Maria Iraclézia foi feita por uma comissão julgadora há quatro meses, já a indicação dos nomes veio de 21 entidades maringaenses. As candidatas tinham que morar na cidade, ter desenvolvido atividade, pesquisa, produto ou projeto de destaque, e ter apresentado soluções significativas em sua área de atuação. A presidente da Acim Mulher, Cláudia Michiura, diz que a homenagem foi merecida.


Em 2018, a empresária homenageada foi a dermatologista Sineida Maria Berbert Ferreira, que relembra o reconhecimento.


O presidente da Acim, Michel Felipe Soares, participou da solenidade e ressaltou a importância da participação feminina no mercado empresarial.



Ouça as entrevistas



O Prêmio Acim Mulher foi criado em 2004 e se tornou importante por causa. 

Bloco de Galeria
Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo