Fechar

Geral

Fenômeno

Olho no céu: maior superlua do ano poderá ser vista nesta terça-feira

Publicado por Chrystian Iglecias, com Agência Brasil , 16:13 - 19 de Fevereiro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Agência Brasil

O fenômeno da superlua, quando o satélite natural estará no ponto mais próximo da Terra de sua órbita, ocorre na noite desta terça-feira (19). Segundo a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa, na sigla em inglês), das três vezes que o fenômeno deve ocorrer em 2019, esta será a maior superlua do ano. A última ocorrência foi em 20 de janeiro e a próxima será em março.



"Num telescópio, binóculo ou luneta, pode-se ver que a lua estará maior e 30% mais brilhante. Só será possível ver essa diferença com uso de equipamentos astronômicos'', disse o astrônomo amador, divulgador científico e presidente fundador do Grupo de Estudos Astronômicos de Iguaraçu (GEAI), Lucas Fiori Izaias.



A Lua aparecerá 10% maior do que em uma lua cheia convencional. Ela estará a 356,7 mil quilômetros de distância da Terra. Em um apogeu, quando a Lua está no ponto mais longe da terra, ela chega a ficar a 405,7 mil quilômetros de distância. Em março de 2011, a Lua esteve em um perigeu (ponto em que a Lua está mais próxima da Terra) ainda mais próximo do que o de hoje, a 203 mil quilômetros.


O fenômeno pode ser visto a olho nu, sem a necessidade de qualquer tipo de proteção ou equipamentos.


O termo superlua foi criado pelo astrólogo norte-americano Richard Nolle em 1979. Ele definiu como superlua as ocorrências de Lua cheia em que o satélite estivesse dentro da linha de até 90% do ponto mais próximo da Terra.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo