Fechar

Paraná

Trabalho

PSS: concurso da prefeitura de Umuarama vai contratar 17 profissionais

Publicado por Monique Manganaro , 10:18 - 10 de Abril de 2019

Bloco de Imagem

Foto: divulgação/Fundação de Cultura e Turismo de Umuarama

Um Processo Seletivo Simplificado (PSS) vai contratar 17 profissionais temporários de diferentes áreas para a Prefeitura de Umuarama (a 170 quilômetros de Maringá). As vagas – 15 de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência – são para níveis fundamental, médio e técnico.


As inscrições foram abertas nesta terça-feira (9) e se encerram no próximo dia 23. O concurso, além de contratar profissionais temporários, também vai formar cadastro reserva.


As vagas são para contratação de orientadores sociais para oficinas de violão, roda de viola, skate e artes, educador social, agente administrativo e orientador social para oficina de karatê. Nesses cargos, o salário é de R$ 1.200.


Há ainda vagas para operador de equipamento rodoviário, com remuneração mensal de R$ 2.037,95; para técnico agrícola (salário de R$ 2.450,09), para borracheiro (R$ 1.809,64 por mês) e para motorista (R$ 1.739,37).


Os candidatos podem se inscrever pela internet, no site do Instituto de Pesquisa, Pós-Graduação e Ensino de Cascavel.


“Os requisitos mudam conforme o cargo pretendido, mas variam, basicamente, entre ensino fundamental ou médio, curso técnico com registro profissional e conhecimentos específicos em algumas funções, comprovados por certificado ou declaração”, explica o diretor de Recursos Humanos da prefeitura, André Antônio dos Santos.


No PSS, os profissionais são contratados pelo período de um ano, com possibilidade de prorrogação do contrato por igual período.


Acesse o edital de abertura do concurso


Com informações da Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Umuarama 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo