Fechar

Policial

Segurança

Agentes penitenciários de Maringá recebem pistolas institucionais

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 10:16 - 11 de Julho de 2019

Agentes penitenciários de Maringá agora têm pistolas institucionais. Nesta quinta-feira (11), o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) entrega pistolas para 238 agentes penitenciários que concluíram um curso de porte de arma de fogo.


Pela primeira vez os agentes receberam treinamento e uma arma de fogo do Estado. É uma arma institucional. Os agentes podiam portar arma, mas tinham que comprar o próprio armamento, sem a cautela do Estado.


E os agentes penitenciários que fazem parte do Setor de Operações Especiais (SOE), que é acionado para evitar fugas e rebeliões, receberam além das pistolas, armas de grosso calibre, como fuzis.


O número de fuzis não é divulgado por questão de segurança. O Depen também está entregando rádios comunicadores digitais que permitem que o áudio seja criptografado.
Em 2011, durante uma rebelião na Penitenciária de Maringá, um agente foi feito refém e o rádio comunicador dele, que era analógico, foi tomado pelos rebelados, prejudicando a negociação.


Os novos equipamentos significam uma mudança significativa na segurança do agente e do sistema penitenciário, diz o coordenador regional do Depen, Luciano Brito.


"O que muda é que agora o agente vai receber uma pistola, um equipamento potente, com munição letal, para a sua defesa. Ou seja, ele vai portar essa arma mesmo no período de folga, de forma velada, para sua defesa pessoal. Isso é muito importante porque aumenta a segurança", afirma.


Os seis SOEs no Paraná estão recebendo os equipamentos. Neste primeiro semestre, o Depen investiu R$ 22 milhões em armamento, equipamentos, viaturas e transporte humanizado de presos. É o que diz o vice-diretor do Depen Paraná, Thorstein Ferraz.


"Isso passa pelo processo de profissionalização dos nosss servidores do sistema penitenciário e também pelo investimento em novos equipamentos. Ou seja, tecnologia, e equipamentos que garantam maior segurança nas penitenciárias", comentou.


Em todo o Paraná serão distribuídas 2.800 pistolas de uso funcional para os agentes penitenciários.


Ouça a reportagem na CBN Maringá.

Bloco de Galeria
Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo