Fechar

Policial

inquérito

Perícia aponta traumatismo craniano em Jeniffer Tavares

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 11:41 - 06 de Junho de 2019

O inquérito sobre o caso Jeniffer Tavares deve ser entregue ao Ministério Público nesta quinta-feira (6). A estudante, de 16 anos, foi morta no começo do mês passado. O corpo foi encontrado num terreno vazio no dia 7 de maio.


O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que ela foi violentada e morta por asfixia mecânica, além de ter sofrido traumatismo craniano.


Carlos Alberto Dias foi preso acusado do crime, mas nega. O acusado diz que Jeniffer morreu de overdose e ele abandonou o corpo por medo. O delegado de homicídios Diego Freitas já concluiu o inquérito.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo