Fechar

Geral

Covid-19

Na Alemanha, governo vai bancar 60% dos salários dos trabalhadores

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 10:32 - 26 de março de 2020

Bloco de Imagem

Foto/Imagem Ilustrativa: Pexels

Brasileiros que vivem no exterior têm relatado como está o combate ao coronavírus em outros países. A CBN Maringá já conversou com brasileiros que vivem na Espanha, país que está em situação crítica com mais de 4 mil mortes.


Situação diferente da Alemanha, que registra número bem menor: 222 mortes. Pelo Instagram encontramos na Alemanha a brasileira Gabriela Zelli Lima. Ela nos conta que na Alemanha a situação é mais tranquila porque o país tem 26 mil leitos de UTI.


Lá as providências começaram a ser tomadas bem antes que aparecesse o primeiro infectado. A doença está tão sob controle que o país irá receber até pacientes graves da Itália.


“Mesmo com a taxa alta de infectados, a taxa de mortalidades está bem controlada. Enquanto na Itália está com certa de 10%, aqui está com cerca de 0,5% de mortalidade. Eles estão atribuindo esse sucesso devido à agilidade do teste. Qualquer pessoa com sintomas de gripe, está sendo testada para o coronavírus e já inicia o tratamento. Eles não esperam as pessoas chegar com sintomas graves, como falta de ar”, conta a brasileira.


Os trabalhadores na Alemanha estão tranquilos porque o governo vai subsidiar 60% dos salários, diz a brasileira.


“As pessoas estão ficando mais em casa pela segurança que o governo nos passa da garantia de emprego”, explica Gabriela.


O isolamento social na Alemanha é rigoroso, mas pequenos comércios estão abertos. As pessoas têm consciência de que precisam manter o distanciamento de segurança.


“Bares, restaurantes, cinemas, teatros, museu e qualquer outro tipo de ambiente de aglomerações já foram fechadas pelo Governo. Se for sair, só para o que realmente necessário e, de preferência, sozinho”, afirmou Gabriela sobre a quarentena alemã.


A Alemanha tem 82 milhões de habitantes.

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo Pessoal/Gabriela Zelli Lima

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo