Futebol

libertadores

Palmeiras sofre dois gols no final e perde para o Boca na Argentina

Publicado por Folhapress, 10:37 - 25 de outubro de 2018

O Palmeiras perdeu para o Boca Juniors por 2 a 0, nesta quarta-feira (24), na Bombonera, em Buenos Aires, pela partida de ida da semifinal da Copa Libertadores.


Com o resultado, a equipe paulista se complicou na disputa por vaga na decisão. O Palmeiras precisará vencer por três gols de diferença o jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira (31), no Allianz Parque, para se classificar.


Se o time alviverde devolver o placar de 2 a 0, o classificado será conhecido nas cobranças de pênalti. Qualquer outro triunfo palmeirense por dois gols de diferença (3x1, 4x2, etc.) dará a classificação ao Boca.


O Boca Juniors tomou a iniciativa da partida desde o início. Com a defesa bem posicionada, o Palmeiras conseguia controlar as investidas do adversário. O duelo nos primeiros 45 minutos foi bastante truncado e praticamente sem chances de gol.


Na etapa final, ambos os times seguiram com problema na criação, mas a troca de centroavante (Ábila por Benedetto) foi essencial para o Boca.


Na melhor chance argentina, Olaza cobrou falta no ângulo esquerdo aos 36min, e Weverton se esticou para fazer uma linda defesa, espalmando a bola para escanteio.


Na cobrança, o Boca Juniors abriu o placar quando a partida se desenhava para o empate. Aos 38 minutos, Felipe Melo não conseguiu cortar o cruzamento, e Benedetto, que tinha acabado de entrar, completou de cabeça e fez 1 a 0.


Cinco minutos depois, veio um golaço. Benedetto recebeu na entrada da área, driblou Luan com um belo jogo de corpo e finalizou de fora da área no canto direito de Weverton para fechar o marcador por 2 a 0.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo