Fechar

Maringá

Ranking nacional

Maringá fica em 26º na geração de empregos

Publicado por Redação GMC,, 15:18 - 21 de Maio de 2018

Maringá criou 2.281 vagas com carteira assinada de janeiro a abril deste ano, após 25.193 admissões e 22.912 demissões. A cidade teve o 26º melhor resultado entre 5.659 municípios brasileiros, segundo levantamento feito pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (CODEM) com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados nesta sexta-feira (18).


O saldo alcançado por Maringá foi o melhor do interior do Paraná. Apenas Curitiba, com criação de 7.872 vagas, teve melhor desempenho que a Cidade Canção no acumulado dos quatro primeiros meses de 2018.


Juliana Franco Afonso, diretora executiva do CODEM, explica que em Maringá, o setor de serviços, com 1.607 novas vagas, foi o que mostrou melhor desempenho, representando 70% do total, seguido pela construção civil (17%) e o comércio (9%). “Estes são os setores que ficam entre os mais representativos no PIB (Produto Interno Bruto) de Maringá. No Brasil, cerca de 76% do PIB nacional é do setor de serviços sendo também o maior gerador de empregos formais do país, segundo dados do Caged”, comenta.


De acordo com Juliana, o setor de serviços, além de ser uma alternativa de mercado de trabalho, exige mão de obra em grande quantidade e é preponderante nas economias desenvolvidas. “Assim, é também necessário ter preparação para atuar nele, por meio de aperfeiçoamento continuo e adaptação às características do setor”, diz.


“Em Maringá, os segmentos que movimentaram o setor de serviços foram os nas áreas de tecnologia da informação, consultorias, assessorias, advocacias, contábeis e na área de saúde. Em todos os casos há demanda de mão de obra qualificada”, completa.


Apenas em abril, Maringá criou 517 postos de trabalho, saldo de 6.030 admissões e 5.513 demissões.

Bloco de Imagem

Cidade criou 2.281 vagas com carteira assinada de janeiro a abril deste ano. Foto: Divulgação

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo