Fechar

Maringá

Veículos

Veja as cores de veículos mais (e menos) comuns em Maringá

Publicado por Letícia Tristão, 14:25 - 30 de Julho de 2018

Você já viu um carro rosa por aí? Se a resposta for sim, saiba que você quase viu um ‘passarinho verde’, digo, rosa. Essa é a segunda cor mais rara da frota maringaense, ficando atrás somente da cor grená - um vermelho mais escuro.


Na cidade, são 323.177 veículos. Desses, apenas 120 são grena e 190 são cor-de-rosa. O terceiro mais raro é um tom definido como fantasia, 284 veículos.


A cor branca é a que domina entre carros, motos, caminhões e outros veículos de Maringá. São 82.187 ‘branquinhos’ rodando pela cidade. Somente na Avenida Getúlio Vargas, no Centro, por volta das 16h desta segunda (30), a reportagem contou 36 carros brancos estacionados.


A segunda cor mais encontrada pelas ruas é o prata, com 70.524 veículos. Em terceiro lugar está o clássico nada básico: preto. São 55.398 veículos dessa cor.


Os números são referentes ao mês de junho e foram divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Ainda conforme o relatório, em Maringá circulam 38.014 veículos vermelhos, 28.550 cinza e 21.989 azuis.


Os dourados e os laranjas quase empatam, são 917 e 921 veículos nessas cores, respectivamente.


Maringá ainda tem 533 místicos roxos e os veículos verdes são 9.535, contra 4.054 amarelos. Os beges estão quase ali, com 6.018 e os marrons são 1.689 da frota.


Mas há um carro circulando pela cidade com uma cor não identificada. Os outros 2.193 veículos não tem informação de cor.


Clique aqui e leia mais notícias de Maringá.

Bloco de Imagem

Na Avenida Getúlio Vargas, por volta das 16h desta segunda, havia 36 carros brancos estacionados. Foto: Letícia Tristão/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo