Policial

Maringá, Sarandi e Paiçandu

Mais de mil celulares foram furtados e roubados em 2018

Publicado por Carina Bernardino/CBN Maringá, 10:11 - 10 de Fevereiro de 2019

O setor criminal do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá fechou o balanço dos índices de criminalidade de 2018. Os dados são dos boletins de ocorrências registrados na cidade e nos municípios de Sarandi e Paiçandu.


De modo geral, houve queda em praticamente todos os índices de criminalidade. Em Maringá, ocorreram no ano passado 3.107 furtos e 1 mil roubos. Já em 2017, foram 3.836 furtos e 1.553 roubos. As quedas ficaram em 19 e 35%, respectivamente.


Em relação aos registros envolvendo aparelhos celulares, os ladrões levaram 1.026 celulares de vítimas de Maringá, Sarandi e Paiçandu em 2018. O número é menor se comparado ao de 2017, quando houve 1.601 furtos e roubos. A redução foi de 36%.


Somente em Maringá no ano passado foram furtados 408 celulares e roubados, 502. A tenente Wanderléia de Faria, oficial de comunicação da PM, acredita que a queda está atrelada a maior conscientização da população.


Os índices de furtos e roubos também caíram nos municípios próximos a Maringá. Em Sarandi, ocorreram em 2018, 520 furtos e 101 roubos. De celulares, foram furtados 55 aparelhos e roubados, 39. Já Paiçandu registrou em 2018 153 furtos e 48 roubos. Sendo que foram furtados 13 celulares e roubados, 9. A maior queda foi nos casos de roubos de Paiçandu, que chegou a 65%.


Em 2018, em Maringá, ocorreram 2.170 prisões e apreensões de suspeitos de crimes. Em Sarandi, foram 39 e em Paiçandu, 81 presos e apreendidos. Na cidade maringaense a maior parte das vítimas de furtos e roubos tinha entre 18 e 24 anos, um total de 318 casos.


Em Sarandi a principal faixa etária das vítimas é de 12 a 17 anos, que somaram 33 registros. Já em Paiçandu, 21 vítimas tinham entre 35 e 45 anos. Quanto ao sexo das vítimas, em Maringá e Sarandi foram roubados e furtados mais homens que mulheres. Em Paiçandu este cenário inverteu. A maior parte das vítimas foi do sexo feminino.

Bloco de Imagem

Foto: Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo