Fechar

Política

Debate

Câmara discute a criação de banco de horas na Prefeitura de Maringá

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 16:10 - 24 de Junho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/CMM

A Câmara Municipal de Maringá irá discutir a criação de um banco de horas na Prefeitura do município. Uma audiência está marcada para às 19h desta segunda-feira (24), na Câmara de Vereadores.


O objetivo é debater um decreto da Prefeitura de Maringá e um projeto de lei complementar do Executivo que regulamenta o banco de horas para os servidores. O decreto foi publicado em abril e regulamenta funções e possibilidades de pedidos de horas-extras. A audiência é para ouvir as partes interessadas, disse o vereador Carlos Mariucci (PT).


"Chamei o executivo, chamei o sindicato, chamei todas as partes, e convidamos todos os servidores e servidoras para debatermos sobre sse assunto, e ver o que é melhor para o servidor e para a cidade de Maringá dentro deste contexto, do banco de horas. Como melhor atender o servidor e ao mesmo tempo o servidor poder atender a comunidade de uma forma geral", afirmou Mariucci.


Nos últimos anos, a Prefeitura de Maringá tem gasto mais de R$ 20 milhões anualmente com horas-extras. O objetivo é reduzir esse gasto. O banco de horas é uma das possibilidades.


 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo