Fechar

COLUNISTAS

OS MELHORES FILMES DE 2019

Publicado por Elton Telles, 16:13 - 30 de December de 2019

5

10

#10
BACURAU (Brasil)
Direção: Kleber Mendonça Filho, Juliano Dornelles


O maior fenômeno da cinematografia brasileira dos últimos anos. Crítica completa aqui.


 

9

#9
DOR E GLÓRIA (Espanha)
Direção: Pedro Almodóvar


Visitar o passado para desabrochar uma reveladora autoanálise, avaliando as escolhas e interferências do acaso. Almodóvar deita no divã e compartilha com o espectador uma jornada intimista, poética e inesquecível. No papel do protagonista, Antonio Banderas nunca esteve melhor. Crítica completa aqui.


 

8

#8
SYNONYMES (França/Israel)
Direção: Nadav Lapid


Exílio, território e identidade. Três temas destrinchados com brilhantismo nesta turbulenta epopeia psíquica sobre um homem à procura de si e de um espaço para existir.


 

7

#7
O IRLANDÊS (EUA)
Direção: Martin Scorsese


A solidão é predatória e nem todo mundo consegue suportar o peso do passado. Pisando em terreno já explorado, Scorsese encerra o ciclo de “filmes de máfia” e se despede com mais uma masterclass do cinema.


 

6

#6
BORDER (Suécia)
Direção: Ali Abassi


Fábula enigmática e cativante sobre a escuridão da alma humana e a rejeição do que é diferente. Breve comentário aqui.


 

#11
UMA MULHER ALTA (Rússia)
Direção: Kantemir Balagov


O feminino ocupando um cenário que tenta se reerguer, mas ainda é consumido pela hostilidade. O que fazer e a quem recorrer quando as feridas não cicatrizam?


 

#5
O PARAÍSO DEVE SER AQUI (Palestina)
Direção: Elia Suleiman


A decadência do ser humano traduzida em uma sátira de fina ironia e humor corrosivo à la Elia Suleiman. Extraordinário. Breve comentário aqui.


 

4

#4
A FAVORITA (Reino Unido)
Direção: Yorgos Lanthimos


As feras do palácio arquitetam um jogo de poder e sedução neste irresistível drama histórico. Olivia Colman, Rachel Weisz e Emma Stone são realezas da interpretação. Critica aqui.


 

3

#3
EM TRÂNSITO (Alemanha)
Direção: Christian Petzold


O alemão Christian Petzold nos brinda com mais uma obra atemporal e inscreve seu nome no panteão dos mais instigantes auteurs do cinema contemporâneo. Com “Em Trânsito”, elabora uma dramaturgia cerebral que mescla elementos clássicos e modernos a serviço de um romance embriagador entre dois “fantasmas”. Pura classe.


 

2

#2
FIRST REFORMED (EUA)
Direção: Paul Schrader


A fé e o pecado andam de mãos dadas e juntas corrompem a sanidade do homem. O roteiro magistral e emblemático de Schrader confronta os dogmas religiosos enquanto um sacerdote busca compreender a missão de sua efêmera passagem. Genialidade em estado bruto.


 

1

#1
PARASITA (Coreia do Sul)
Direção: Bong Joon-ho


O capitalismo é o verdadeiro parasita do mundo. Crítica aqui.


 


Feliz 2020 a todos e bons filmes!

#16
ERA UMA VEZ EM... HOLLYWOOD (EUA)
Direção: Quentin Tarantino


Mais uma vez, Tarantino muda os rumos da história e celebra o cinema de forma passional, sem perder a graça e ingenuidade. Crítica completa aqui.


 

20

#20
ESPERO TUA (RE)VOLTA (Brasil)
Direção: Eliza Capai


A diretora Eliza Capai desloca a narração do documentário sobre ocupações nas escolas públicas para três vozes que o público precisa ouvir. Com ritmo frenético e linguagem jovial, concebe um belo filme político sobre luta e esperança protagonizado pela nova geração.


 

19

#19
ENTRE FACAS E SEGREDOS (EUA)
Direção: Rian Johnson


Quando o prato requentado é mais saboroso do que a receita original. “Entre Facas e Segredos” subverte o batido jogo de detetive com um roteiro extravagante e muito mais esperto do que aparenta ser.


 

18

#18
PETERLOO (Reino Unido)
Direção: Mike Leigh


Somente o talento e sofisticação de um cineasta do calibre de Mike Leigh para fazer a ponte de uma batalha histórica ocorrida em 1819 ser tão atual e cristalina com os agouros que enfrentam a Inglaterra nos dias de hoje. Definitivamente, ninguém aprende com o passado.


 

17

#17
AD ASTRA – RUMO ÀS ESTRELAS (EUA)
Direção: James Gray


Pai, filho, Deus e as motivações para existir. James Gray filosofa no espaço sobre a continuidade do eu solitário. Crítica completa aqui.


 

16

Como em todo ano, sempre é difícil fechar a lista de melhores filmes, principalmente porque muitos títulos merecedores acabam não sendo contemplados. Entretanto, elencar os meus preferidos de 2019 foi a tarefa mais difícil desde que comecei essa brincadeira. Isso porque este foi um ano espetacular para o cinema, com obras excepcionais e cada uma singular à sua maneira.


Antes de começar o ranking, é necessário ressaltar que considerei somente filmes lançados no Brasil no ano de 2019, mesmo que o ano de lançamento do filme escolhido em seu país de origem tenha sido diferente. Além das produções que ganharam as telas do circuito comercial de cinema, também levei em conta os lançamentos em streaming e video on demand (VoD).


Em ordem decrescente, pra mim, estes são os Melhores Filmes de 2019.

15

#15
SEM RASTROS (EUA)
Direção: Debra Granik


A escolha de não se render ao sistema e poder viver à margem de tudo e todos é o que move pai e filha neste dócil e sensível drama sobre união e independência. “Sem Rastros” percorre um espaço onde o cinema norte-americano raramente consegue atravessar.


 

14

#14
HISTÓRIA DE UM CASAMENTO (EUA)
Direção: Noah Baumbach


A mão acertada na dramaticidade e os pés no chão do diretor Noah Baumbach resultam em um emocionante e realista filme com roteiro afiado e atuações impecáveis. Crítica completa aqui.


 

13

#13
HOMEM-ARANHA NO ARANHAVERSO (EUA)
Direção: Bob Persichetti, Peter Ramsey, Rodney Rothman


Pela primeira vez, tive a oportunidade de ler uma HQ na telona do cinema. “Homem-Aranha no Aranhaverso” é uma animação mágica, criativa e extasiante. Crítica completa aqui.


 

12

#12
TEMPORADA (Brasil)
Direção: André Novais Oliveira


“Temporada” e o afetuoso retrato de pessoas comuns que se adaptam para receber de braços abertos aqueles que nos acolhem. Breve comentário aqui.


 

11

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo