Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar nosso portal, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

18 de maio de 2024

Corinthians volta a jogar mal e perde para o Argentinos Juniors na Copa Sul-Americana


Por Agência Estado Publicado 23/04/2024 às 23h37
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Em crise dentro e fora de campo, o Corinthians sofreu sua terceira derrota consecutiva nesta terça-feira, em Buenos Aires. Diante do Argentinos Juniors, perdeu por 1 a 0, com um gol cedo, capaz de desencadear uma atuação combalida da equipe alvinegra. Até mesmo o trabalho do português António Oliveira passa a ser questionado após o resultado negativo.

O Corinthians apresentou o que se esperava dele. Não há supresa em ver o time alvinegro ter sérias dificuldades para balançar as redes. Até mesmo as falhas de Cássio se tornaram cena repetida. A ousadia da comissão técnica foi penalizada pela atitude pueril do zagueiro Raul Gustavo de empurrar o assistente da arbitragem. O Argentinos Juniors, repleto de reservas, ficou distante de uma atuação de gala, mas jogou uma partida de Sul-Americana como se deve jogar. A equipe da casa fez o gol cedo e soube controlar o Corinthians, que é facilmente domado pelos adversários.

Com o resultado, o Corinthians perde a liderança do Grupo F para o Argentinos Juniors. O conjunto alvinegro têm quatro pontos, enquanto os argentinos somam seis. A equipe paulista ainda pode perder mais uma posição caso o Racing de Montevidéu não perca para o paraguaio Nacional, em Assunção, na quinta-feira.

O Corinthians volta a atuar no domingo, às 16h, diante do Fluminense pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena. Pela Sul-Americana, o próximo compromisso está agendado apenas para o dia 7 de maio, às 19h, diante do Nacional, no Paraguai.

Mal deu tempo de a bola rolar em Buenos Aires, e o Argentinos Juniors já inaugurou o placar. No segundo minuto, Verón recebeu passe pelo lado esquerdo da área, chutou e Cássio aceitou. Nova falha do goleiro corintiano, que vem sendo criticado pela torcida por repetidos erros sob as traves.

Depois do gol, o Corinthians pouco ofendeu a meta argentina, controlou mais a bola, mas não foi nada eficaz. Longe de empatar a partida, a equipe alvinegra ficou mais ameaçada nos minutos finais da etapa inaugural. É verdade que do lado do Argentinos Juniors tampouco havia muita vontade em deixar o jogo rolar, mas os comandados de António Oliveira ficaram devendo.

Na volta do intervalo, o Corinthians mudou sua formatação tática: Fagner, Yuri Alberto e Félix Torres foram sacados para as entradas de Matheuzinho, Paulinho e Wesley. A opção visou aumentar a mobilidade do ataque diante da má fase de Yuri Alberto. Com isso, o time passou a atuar no sistema com três zagueiros, sendo só um de origem, Raul Gustavo.

O plano se perdeu quando justamente Raul Gustavo foi expulso após empurrar o assistente Carlos Poblete Barrales. O zagueiro corintiano contestou um choque com um adversário, quando o assistente se colocou entre os dois e levou os empurrões. A solução para o Corinthians foi tirar Romero e colocar Cacá para reforçar a defesa.

Em desvantagem numérica, o Corinthians produziu o mesmo que com 11 atletas em campo. Uma prova a mais de que o time tem muito o que mudar. A equipe viveu de lampejos de Rodrigo Garro, mas nem mesmo ele foi capaz de protagonizar lances perigosos ou assistir os companheiros como em outros duelos.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINOS JUNIORS X CORINTHIANS

ARGENTINOS JUNIORS – Diego Rodríguez; Meza, Godoy, Palacio e Montiel (Prieto); Viveros (Alan Rodríguez), Juan Cardozo (Moyano) e Gamarra (Galván); Verón, Heredia (Perelló) e Batallini. Técnico: Pablo Guede.

CORINTHIANS – Cássio; Fagner (Matheuzinho), Félix Torres (Wesley), Raul Gustavo e Hugo; Raniele, Fausto Vera e Garro; Ángel Romero (Cacá), Yuri Alberto (Paulinho) e Pedro Henrique (Pedro Raul). Técnico: Bruno Lazaroni (auxiliar).

GOL – Verón, aos 2 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Diego Rodríguez, Godoy, Batallini, Verón, Viveros, Pedro Raul e Fagner.

CARTÃO VERMELHO – Raul Gustavo.

ÁRBITRO – Piero Maza (CHI).

PÚBLICO E RENDA – Não divulgados.

LOCAL – Estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires.

Pauta do Leitor

Aconteceu algo e quer compartilhar?
Envie para nós!

WhatsApp da Redação

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Phil Foden, do Manchester City, é eleito craque do Campeonato Inglês um dia antes da decisão


Com apenas 23 anos, Phil Foden foi eleito o craque do Campeonato Inglês em anúncio oficial realizado neste sábado. O…


Com apenas 23 anos, Phil Foden foi eleito o craque do Campeonato Inglês em anúncio oficial realizado neste sábado. O…

Esportes

Gabi revela que seleção feminina de vôlei está com a Sérvia ‘engasgada’ e Zé Roberto faz alerta


Principal destaque da seleção brasileira feminina de vôlei na vitória sobre os Estados Unidos por 3 sets a 1, nesta…


Principal destaque da seleção brasileira feminina de vôlei na vitória sobre os Estados Unidos por 3 sets a 1, nesta…

Esportes

Rayssa Leal brilha e classifica à final do street em Xangai; 5 avançam no park


Rayssa Leal continua mostrando o motivo que a faz ser a principal esperança de medalha do Brasil no skate nos…


Rayssa Leal continua mostrando o motivo que a faz ser a principal esperança de medalha do Brasil no skate nos…